A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

31/01/2014 22:41

Lideranças estudantis pedem para deputado quebrar monopólio da UNE

Vinícius Squinelo

O deputado federal Fábio Trad (PMDB) recebeu, nesta sexta-feira (31), uma comitiva de lideranças estudantis que foram reivindicar seu para que seja revista a lei federal, sancionada pela presidente Dilma Roussef, concedendo a UNE (União Nacional dos Estudantes) o monopólio na emissão da carteira de estudante, tirando esta prerrogativa dos diretórios acadêmicos, centros universitários e diretórios centrais dos estudantes.

“Esta medida prejudica não só as entidades, mas sobretudo, os próprios estudantes, porque a UNE cobra R$ 20,00 pela carteira, o dobro do preço cobrando pelas entidades estudantis”, explica o presidente da Juventude Estadual do PMDB, Maicon Nogueira, que defende a alteração da lei, garantindo ao acadêmico a opção de continuar fazendo sua carteira pela instituição que o representa mais diretamente.

O deputado considera inaceitável que de forma unilateral, o Governo obrigue os estudante e as suas entidades representativa a se atrelar a UNE.

“Vivemos num regime democrático, onde o direito a associação é livre, não pode ser ditado de cima pra baixo pelo Governo Federal”, avalia. Fábio Trad se comprometeu a lutar pela quebra desta monopólio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions