A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

01/10/2016 13:57

Líderes em pesquisas miram indecisos nas últimas horas de campanha

Aline dos Santos
Rose (de camisa marron) foi a panfletagem no Centro. (Foto: Fernando Antunes)Rose (de camisa marron) foi a panfletagem no Centro. (Foto: Fernando Antunes)
Marquinhos (de camisa azul) fez campanha em bairros. (Foto: Divulgação)Marquinhos (de camisa azul) fez campanha em bairros. (Foto: Divulgação)

Líderes nas pesquisas eleitorais em Campo Grande, os candidatos a prefeito Marquinhos Trad (PSD) e Rose Modesto (PSDB) buscam votos dos indecisos neste sábado (1º), véspera das eleições e último dia de campanha.

Marquinhos foi a quatro bairros no período da manhã. No restante do dia, grava inserção para direito de resposta na televisão e retoma agenda em bairros.

“Continuo visitando amigos. Tenho sentido que muitos não querem revelar o seu voto e optaram pelo indeciso”, diz o candidato sobre a parcela do eleitorado que informou não ter decidido o voto.

Sobre o período eleitoral, ele relata que havia dúvidas sobre o lançamento de sua candidatura e quanto tempo resistiria. “Mas hoje, o que se comenta na cidade toda é se vai ter segundo turno ou não”, diz. Amanhã, Marquinhos vota no período matutino e passa o restante do domingo na casa de sua mãe.

Rose Modesto foi ao Centro e vai visitar os bairros em busca dos eleitores. “Ainda tem um número de indecisos que a gente tem até às 22 horas de hoje para pedir o voto. Tem parte da nossa equipe em bairros de Campo Grande ainda e vamos buscar esse voto até o último momento. Acredito na proposta que estamos apresentando e quando a gente acredita, quando é de verdade, as pessoas também sentem. Acredito muito na nossa vitória. Estamos passando um pente fino na cidade”, afirma a candidata, que é vice-governadora do Estado.

Nessa reta final, Rose avalia que o histórico do candidato pode fazer diferença na escolha do eleitor. “Com essa eleição, estamos vivendo momento de mudança e quem vai poder colher os frutos é quem tem uma vida limpa na política, quem nunca teve problema envolvendo qualquer processo de corrupção e quem tem trabalho prestado”, diz.

Amanhã, ela vai acompanhar o voto do candidato a vice, levará os pais para a votação e só então comparecerá ao seu local de votação. À tarde, permanece em casa. Em seguida, vai ao comitê para avaliar o resultado das urnas.

Com 863.982 moradores, Campo Grande tem 15 candidatos, o que dá média de um “prefeitável” a cada 57 mil habitantes. Comparado há 20 anos, o total de concorrentes triplicou.

Conforme os dados disponíveis no site da Justiça Eleitoral, foram cinco candidatos em 1996. O mesmo número se manteve nas disputas de 2000, 2004 e 2008.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions