A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/05/2009 11:07

Lula se emociona com a recepção dos aquidauanenses

Redação

Durante o percurso de estréia no Trem do Pantanal, de Aquidauana ao distrito de Palmeiras, o presidente Lula se emocionou visivelmente com o carinho da população ao recebê-lo.

Centenas de pessoas esperavam a passagem da composição ao longo dos trilhos. A volta de um dos símbolos da região tem valor histórico, mas a presença do presidente é o que fez tantas pessoas saírem de casa, na cidade 44.9 mil de habitantes.

A festa começou logo cedo, com famílias inteiras na estação, aguardando a chegada de Lula.

Depois do embarque, nos locais onde a estrada de ferro margeia o asfalto, muitos tentavam acompanhar de carro o trem, percorrendo estradas que correm paralelamente aos trilhos.

Populares ganharam bandeiras vermelhas, cor da ALL (América Latina Logística) concessionária, mas acenavam pensando ser a cor do PT do presidente.

Em Aquidauana a população teve contato com Lula por apenas cinco minutos, tempo de inaugurar a estação e começar a viagem. Já de saída, Lula se emocionou ao ver, por exemplo, uma idosa, de cadeira de rodas, à margem da ferrovia, sair à rua para vê-lo passar.

Até um trio elétrico da rádio da cidade acompanhou o trem anunciando a passagem de Lula e tocando músicas das campanhas passadas, com o famoso "Lula-la".

No vagão camarote de Lula, 25 autoridades acompanharam o presidente,em um burburinho que tirava a atenção de Lula do que o caminho oferece.

Cercado de prefeitos e parlamentares, uma das pautas não poderia deixar de ser política, mas o trem não deixou de ser o principal assunto.

O aposentado Hipólito de Oliveira, de 79 anos, segurava a bandeirinha vermelha na mão há uma hora, conta. "Vim ver o presidente".

Maria Catarina Maciel, de 58 anos, jura que conhece Lula desde a época da CUT, "Naquele tempo, ele já sabia que ia ser importante, mas eu não acreditava. Mordi a língua."

Na família de Sandra Maria Souza, 48 anos, ninguém ficou em casa. Ela, a filha e duas netas foram até a estação, até com bebê no carrinho. "Estou ansiosa, nunca vi um presidente".

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions