A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

07/02/2012 18:06

Maia pede apoio de Puccinelli para resolver impasse entre Acrissul e MPE

Jeozadaque Garcia e Wendell Reis
Presidente da Acrissul apresentou projeto do novo parque do governador. (Foto: João Garrigó)Presidente da Acrissul apresentou projeto do novo parque do governador. (Foto: João Garrigó)

O presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Francisco Maia, apresentou na tarde desta terça-feira (07) o projeto do novo parque de exposições ao governador André Puccinelli (PMDB).

Além disso, pediu apoio do chefe do Executivo para intermediar o imbróglio entre MPE (Ministério Público Estadual) e Acrissul, que pode comprometer a realização da Expogrande este ano.

“Tenho esperança de que vamos encontrar um equilíbrio, um entendimento nessa questão”, afirmou Maia, que sugeriu ao governador leve seu gabinete para o recinto de exposições durante a feira, que acontece tradicionalmente no mês de abril.

A ação, segundo Maia, visa aproximar Governo do Estado e Expogrande. “É para mostrar que a feira é de Mato Grosso do Sul, e não somente da Acrissul”, ressalta.

Este ano, já estão programados 48 leilões durante a Expogrande. Em 2011, a feira movimentou R$ 120 milhões.

Na manhã de hoje, o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), disse que “espera que o impasse seja resolvido logo”. “Toda vez que o prefeito fala do caso, parece que ele não quer que tenha exposição”, reclamou.

Novo parque - De acordo com o projeto, o novo parque seria construído em uma área da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) na saída de Campo Grande para Terenos. O centro, que abrangerá Clube do Laço, Acrissul, Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) e outras associações de agricultores, terá o apoio técnico da empresa.

Hoje, conforme Maia, a Embrapa possui três mil hectares e poderia ceder uma área para a construção do parque, que funcionaria ainda como centro de pesquisa e tecnologia.

No local onde a Expogrande é realizada hoje, um novo shopping seria construído.

“Os estudos estão avançados com a Embrapa. Já há uma comissão formada com membros da empresa e da Acrissul, que visitará centros em outros estados para implantar em Mato Grosso do Sul”, finaliza.



MAIS UM SHOPPING:::;; campo grande nao esta precisando de shopping : precisa de saude de qualidade , respeito a populaçao e muito mais educaçao acorda prefeito e governador os bairros da capital estao abandonados .
 
ANTONIO GONÇALVES DA SILVA em 07/02/2012 08:21:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions