A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

08/04/2016 13:12

Moka acredita que Senado Federal deve aprovar afastamento de Dilma

Leonardo Rocha
Senador Waldemir Moka concedeu entrevista durante audiência pública na Assembleia (Foto: Roberto Higa/ALMS)Senador Waldemir Moka concedeu entrevista durante audiência pública na Assembleia (Foto: Roberto Higa/ALMS)

O senador Waldemir Moka (PMDB) acredita que caso a Câmara dos Deputados aceite o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT), o Senado Federal deve seguir o mesmo caminho, não se colocando contra esta decisão. Por esta razão entende que a tendência é pelo afastamento da presidente, até que se finalize todo o processo no Congresso.

"Parece que a comissão da Câmara (Deputados) vai dar parecer favorável ao impeachment na próxima segunda-feira (11), depois precisa de 342 votos do plenário. No Senado a tendência é acolher o processo, não contrariar esta decisão", disse o senador, durante audiência pública sobre educação infantil, na Assembleia Legislativa.

Moka explicou que para instaurar o processo, que resulta no afastamento da presidente, são necessários 41 votos no Senado, ou seja a maioria simples, já que se tem 81 senadores. Caso isto ocorra, a presidente será afastada de suas funções por 180 dias, assumindo o vice de forma interina.

Sobre o impeachment no Senado, Moka ponderou que a votação muda, precisando de 54 votos para ser concretizado. "Sou a favor (impeachment) há muito tempo, este governo já não tem condições de continuar, minha posição sempre foi clara", disse ele. O PMDB de Mato Grosso do Sul inclusive se posicionou a favor do impeachment e a saída do partido da gestão da presidente Dilma (Rousseff), antes da decisão oficial da legenda.

Câmara vai homenagear 84 pessoas em sessão do aniversário de 118 anos
A Câmara Municipal de Campo Grande vai homenagear 84 pessoas em sessão solene na próxima quarta-feira (dia 23). Na ocasião, a partir das 19h, serão ...
Moreira Franco: MP das Rodovias dará segurança jurídica e resolverá problemas
O ministro da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco, afirmou que a MP das Rodovias vai garantir condições de investimento nas concessões at...
Puccineli quer candidato de consenso a presidência do PMDB em MS
Só se for sem disputa. É assim que o ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), quer disputar o comando da legenda no Estado, nas ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions