A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/02/2013 16:09

Moka assume comissão e diz que financiamento da saúde é prioridade

Senador assumiu a Comissão de Assuntos Sociais do Senado nesta quarta-feira

Marta Ferreira
O senador Waldemir Moka assumiu Comissão de Assuntos Sociais do Senado. (Foto: Divulgação)O senador Waldemir Moka assumiu Comissão de Assuntos Sociais do Senado. (Foto: Divulgação)

O senador Waldemir Moka (PMDB-MS) assumiu nesta quarta-feira (27) a presidência da Comissão de Assuntos Sociais do Senado. Moka substitui o senador Jayme Campos (DEM-MT).

“Os programas sociais do governo brasileiro são reconhecidos no mundo todo e o Moka foi indicado pelo partido porque, como médico, conhece os problemas da população”, afirmou o vice-presidente do Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), sobre a escolha.

Moka destacou a importância da comissão para o País por debater, opinar e propor ações nas áreas de trabalho, previdência, saúde, seguridade e assistência social. “Vou me esforçar para fazer um mandato que atenda a todos, priorizando a discussão e votação de projetos e ações que visam melhorar a vida das pessoas”, afirmou.

O senador elogiou a condução dos trabalhos por seu antecessor, afirmando que a postura cordial, equilibrada e democrática de Jayme Campos permitiu que a comissão pudesse atingir nível de produção pouco vista na Casa. “Se eu conseguir realizar o mesmo que essa comissão produziu nos últimos dois anos, já me sentirei feliz”, declarou.

Uma das prioridades em sua gestão será retomar os debates sobre o financiamento da saúde. “Não adianta buscar solução para os problemas na saúde se não falarmos em recursos, em dinheiro. E a comissão precisa apontar os caminhos”, disse.

Bem escolhido – A escolha de Moka foi elogiada. Para Paulo Paim (PT-RS), em dois anos de Senado, Moka conseguiu conquistar seu espaço por se posicionar com firmeza sobre temas polêmicos. “É um senador brilhante, cuja comissão lhe caiu muito bem”,afirmou.

Para o senador Ruben Figueiró (PSDB-MS), a escolha de Moka para presidir a CAS “honra Mato Grosso do Sul e seu povo”, opinião compartilhada pelos senadores Paulo Davim (PV-RN), Ângela Portela (PT-RR) e Eduardo Suplicy (PT-SP).

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions