A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

14/11/2012 12:20

Moka recusou convite para concorrer à presidência do Senado, diz revista

Francisco Júnior
Senador atua como segundo vice-presidente do Senado. (Foto: Pedro França/Agência Senado)Senador atua como segundo vice-presidente do Senado. (Foto: Pedro França/Agência Senado)

O senador Wademir Moka (PMDB/MS) recusou convite para concorrer à Presidência do Senado em fevereiro deste ano. A informação é do colunista da revista Época, Felipe Patury.

Segundo o colunista, o parlamentar foi sondado por um grupo dissidente do PMDB, que se opõe à liderança de Renan Calheiros (PMDB/AL) e à presidência de José Sarney (PMDB/AP).

Conforme a coluna, os oposicionistas às duas lideranças haviam primeiro pensado em lançar Luís Henrique (SC), que espalmou a proposta. “Com a recusa de Moka, devem se concentrar agora em Ricardo Ferraço. O favorito para a presidência do Senado é o próprio Renan Calheiros”, informou Patury.

Moka é segundo vice-presidente do Senado. Procurado, o parlamentar informou, via assessoria de imprensa, que, na verdade, não recusou o convite, mas sim defende que seja definido um nome de consenso. Moka diz que, se o seu for o de consenso, aceita disputar a Presidência do Senado.

O senador ressaltou que seu posicionamento é contrário a uma divisão da bancada peemedebista.



Poxa agora deu saudade de; RAMEZ TEBET e JOSE FRAGELLI. Esses sim era políticos com P.Com certeza encararia esse desafio. Estamos precisando de renovar os nossos representantes.
 
ANA BERGAMO em 14/11/2012 13:03:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions