A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/03/2010 17:01

Murilo aceita vaga, mas só se André rejeitar Dilma

Redação

O vice-governador Murilo Zauith (DEM) disse que só irá aceitar o convite de candidato a senador na chapa encabeçada pelo governador André Puccinelli (PMDB) se o chefe do Executivo apoiar José Serra na disputa presidencial.

"Vamos esperar até o dia 2 de abril para ver se o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), irá se descompatibilizar do cargo e declarar sua candidatura. Aí vamos ver o que o André decide", afirmou.

Murilo confirmou que o BDR (Bloco Democrático Reformista, formado por PSDB, DEM e PPS) tem o compromisso de apoiar Serra.

"Se o André ficar com a Dilma, aí a Marisa (Serrano, senadora do PSDB) sai candidata ao governo e nós vamos acompanhá-la", declarou.

Além de decidir reservar a segunda vaga ao Senado para o vice-governador, Puccinelli também definiu que a prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet (PMDB), será a candidata a vice na chapa.

A chapa conta ainda com o deputado federal Waldemir Moka, vencedor das prévias do PMDB, como primeiro candidato ao Senado.

Nas eleições deste ano, estão em disputa duas vagas ao Senado por Mato Grosso do Sul. Cada eleitor poderá votar em dois candidatos ao cargo.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions