A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

18/05/2009 10:45

Mutuários fazem campanha contra leilão da Caixa

Redação

A ABMH (Associação Brasileira dos Mutuários da Habitação) está fazendo uma campanha sobre os riscos de comprar uma casa própria por meio de leilão da Caixa Econômica Federal.

O diretor da ABMH em Campo Grande, José Carlos Teixeira, afirma a Caixa tem utilizado apelos exagerados para convencer os candidatos a investirem nesse tipo de mercado.

Ele diz ainda que o banco está se aproveitando dos altos índices de déficit habitacional para "desovar" os imóveis retomados em ações extrajudiciais.

Para a associação dos mutuários, ao comprar um imóvel ocupado, o futuro mutuário está, na verdade, adquirindo mais problemas. "Com o tempo, ele acaba descobrindo que o imóvel está, na maioria das vezes, ocupado, transferindo a responsabilidade de tirar o antigo morador para quem comprar o imóvel", diz Teixeira.

Outro lado - O superintende regional da Caixa, Carlos Patay, rebate as informações. Ele diz que quem participa dos leilões tem as informações sobre a situação jurídica do imóvel.

Ele faz ainda uma observação importante: os leilões, que acontecem todos os meses, não têm qualquer relação com o Feirão da Casa Própria.

O Feirão é uma oportunidade de encontrar no mesmo lugar todos os serviços necessários, das imobiliárias aos agentes da CEF, para conseguir o financiamento da casa própria. O evento está programado para o período de 18 a 20 de junho, no Sebrae, na avenida Mato Grosso, em Campo Grande.

Segundo a CEF, as linhas de financiamento para a casa própria atendem a todas as faixas de renda familiar, possuem prazo de pagamento de até 30 anos e prestações decrescentes. Os juros variam entre 4,5% e 11,4% ao ano, acrescidos da TR.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions