A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/11/2011 14:58

Na mira do PSDB, PPS traz Freire para sacramentar candidatura na Capital

Aline dos Santos

Politicos tucanos marcaram presença em congresso na Assembleia

Freire não se opõe a projeto independente do PPS. (Foto: Simão Nogueira)Freire não se opõe a projeto independente do PPS. (Foto: Simão Nogueira)

Cortejado pelos tucanos na busca por aliados nas eleições 2012, o PPS sacramentou neste sábado, com a presença do presidente nacional Roberto Freire, a pré-candidatura ao comando da prefeitura de Campo Grande.

Pré-candidato, o vereador Athayde Nery afirma que a sigla entra na disputa sob qualquer condição, mesmo sem aliados. “Nem que seja só com a ideia”, diz.

Athayde não vê problema no fato de aliados, como o PSDB, também terem candidatura própria a prefeitura da Capital, já cogitando que as siglas voltem a se unir num eventual segundo turno.

“Time que não joga, não tem torcida. Campo Grande tem essa característica de ter segundo turno. E é importante não pasteurizar a democracia”, salienta.

O deputado federal Roberto Freires lembrou que política se faz buscando aliados, mas não se opõe ao projeto independente.

“Eleição não significa reeditar alianças”, afirma. Sobre a possibilidade do projeto do PPS só atrair partidos pequenos, os chamados “nanicos”, Freire foi enfático. “Não há problema”.

Contudo, o comando nacional antecipa que não terá como auxiliar o candidato com infraestrutura. “Não tem como. Defendi o financiamento público de campanha”, afirma. Ele alega que a medida coibiria o caixa 2, prática, segindo ele, muito adotada pelo PT.

Azambuja (esquerda)e Athayde (centro) têm o mesmo objetivo: ser prefeito de Campo Grande. (Foto: Simão Nogueira)Azambuja (esquerda)e Athayde (centro) têm o mesmo objetivo: ser prefeito de Campo Grande. (Foto: Simão Nogueira)

Namoro - Também pré-candidato à prefeitura de Campo Grande, o deputado federal e presidente do PSDB, Reinaldo Azambuja, participou da abertura do congresso do PPS, realizado na Assembleia Legislativa. “É um bom aliado, esteve com o Serra [na última eleição]”, afirma. Para Azambuja, a parceria entre os partidos pode ser mantida em cidades do interior.

Já o deputado estadual Rinaldo Modesto (PSDB) destacou a “alegria de ser parceiro”. O congresso do PPS também teve representantes do PHS e do PRP.

No Estado, o Partido Popular Socialista vai lançar candidatos em doze cidades: Campo Grande, Água Clara, Corumbá, Três Lagoas, Amambai, Aparecida do Taboado, Ribas do Rio Pardo, Aral Moreira, Aquidauana, Miranda, Ponta Porã e Tacuru.

A sigla está no comando de Ribas do Rio Pardo. De acordo com o prefeito Roberson Moureira, a expectativa é dobrar o numero de partidos aliados em seu projeto de reeleição. “Em 2008, foram seis partidos. Para o ano que vem, espero reunir de 11 a 13”, afirma.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...


È nesse momento (URNA 2012), nos brasileiros deveriamos fazer nossa parte mostrar que nao existem mais monopolio, tirando SINGLA que esta no poder mais de 10 anos existente e colocando outra para diferenciar.... e mostrar que politica se faz sem DINHEIRO sim, que existe pessoa capacitada e com novas ideias
 
Jacqueline Michelly em 21/11/2011 12:52:39
Parabens Athayde, tem que disputar, não concorde com esses zé manes da vida que fica falando só besteita, to com digo Athayde
 
Osmar Reis em 20/11/2011 12:14:33
Parabéns Athayde! Ninguém vence uma batalha sem luta. Não tenhas medo de ir a luta, afinal, sua história e sua biografia fala por você.Não fale dos outros, mostre os seus talentos e suas propostas e o povo é soberano.
 
Milton Gomes Silveira em 20/11/2011 10:07:05
Ele não vai sair candidato a prefeito, nem para vereador se elege!
O que ele quer é que alguém o convide para coligação, única e exclusivamente pelo tempo do partido, assim receberá cargos no governo, como faz atualmente o PPS, comandando a FUNSAT, FUNDESC e Instituto de Previdência dos Servidores Municipais.
 
Marcos Nascimento em 20/11/2011 09:08:36
Campo Grande precisa de alguem como o Athayde que nunca esteve no poder assim e é da Cidade, é mudança e renovação. Vamos acretar na mudança com gente de Campo Grande. Fora os Ricos de outras cidades que não cuida nem de suas riquezas.
 
luiz alves pereira em 20/11/2011 04:20:50
Parabéns ao PPS e PSDB, tem sim que ter outras opições na disputa pela Prefeitura de Campo Grande, só espero que a mosca AZUL, não munda a ideia destes partidos.
 
Ricardo Santullo em 19/11/2011 07:19:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions