A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

08/06/2010 20:13

Nelsinho intervém pelo fim de crise entre Edil e André

Redação

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB) telefonou no fim da tarde de hoje para Edil Albuquerque (PMDB), na tentativa de acabar com crise entre o vice-prefeito e o governador André Puccinelli.

Como embarcou hoje para Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, Nelsinho pediu um tempo até a próxima sexta-feira para uma conversa entre ele, Edil e Puccinelli. O prefeito acredita que durante a reunião qualquer mal entendido seja solucionado entre o governador e o vice-prefeito.

Nesta terça-feira, Edil reclamou de Puccinelli, dizendo estar decepcionado depois de declarações do governador ontem, em Três Lagoas. André teria dito que nas eleições deste ano, Mato Grosso do Sul vai eleger como senadores Waldemir Moka (PMDB) e Delcídio do Amaral (PT), esquecendo a pré-candidatura de Murilo Zauith (DEM), com Edil suplente.

Nelsinho entrou no jogo para acabar com os atritos e conseguiu compromisso de Edil de que vai esperar até o retorno do prefeito para definir qual será sua participação nas eleições.

O vice-prefeito garantiu, no entanto, que não anunciou rompimento político com Puccinelli, disse que fez apenas um desabafo por estar incomodado com a falta de apoio à candidatura de Murilo.

As pazes - André também tenta resolver o mal-estar criado dentro do partido e com os aliados. Ele entrou em contato com o vice-governador Murilo e programou um encontro ainda para esta semana quando vai discutir a permanência de Zauith no projeto político do PMDB.

Ao Campo Grande News, Murilo anunciou nesta terça que decidiu sair da disputa pela vaga de candidato ao Senado em 2010, na chapa de Puccinelli.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions