A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

10/06/2013 12:47

No ataque, aliados vão discutir com Bernal criação de 3ª CPI na Câmara

Aline dos Santos e Jéssica Benitez
Marcos Alex ainda espera que CPI do Calote investigue contrato com a Solurb. (Foto: Cleber Gellio)Marcos Alex ainda espera que CPI do Calote investigue contrato com a Solurb. (Foto: Cleber Gellio)

A criação de uma terceira CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) na Câmara Municipal será discutida amanhã entre o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), e os nove vereadores da base aliada.

O pedido de uma investigação sobre o processo licitatório, que resultou no contrato bilionário com o consórcio CG Solurb, será encabeçado por Marcos Alex (PT), líder do prefeito. A empresa presta serviço de gestão dos resíduos sólidos. 

A princípio, o petista afirma esperar que a licitação também fosse objeto da CPI do Calote, que prefere chamar de CPI da Dívida.

No entanto, os vereadores já deixaram claro que a comissão vai apurar apenas a situação dos contratos vigentes, sem aprofundar no processo de licitação. “Queria que fosse incluso nessa CPI. Já está relacionado”, afirma Marcos Alex.

Contudo, a pretensão do líder do prefeito em criar a CPI da CG Solurb pode esbarrar numa questão numérica. Bernal conta com apoio de nove vereadores, porém, para criar uma CPI são exigidos, no mínimo, 10 assinaturas (um terço dos 29 vereadores). 

Desta forma, a terceira comissão só vai vingar se os aliados ao prefeito obtiverem uma adesão da oposição.
A reunião sobre a CPI será realizada às 20h de amanhã. Os aliados de Bernal são: Marcos Alex, Luiza Ribeiro (MD), Gilmar da Cruz (PRB), Zeca do PT, Ayrton Araújo (PT), Rose Modesto (PSDB), João Rocha (PSDB), Waldecy Chocolate (PP) e Derly Oliveira (PP), o Cazuza.

A Câmara tem duas comissões em curso. A primeira foi criada para investigar o setor de Saúde. Já a CPI do Calote apura a falta de pagamento a empresas contratadas pela Prefeitura.

 



O prefeito está há mais de 6 meses "analisando" o contrato para verificar irregularidades. Se em 6 meses sua equipe não encontrou nada, pra que CPI? Me parece que essa equipe é tão incompetente que quer passar para a Câmara o ônus de investigar o contrato. É lastimável o que esse prefeito está fazendo com Campo Grande. Parabéns a você que votou nele. Eu não carrego esse estigma.
 
Eduardo Filho em 11/06/2013 10:32:42
E como todos os dias...Denuncias..Denuncias e toda essa conversa fiada... mas trabalhar que é bom...criar empregos.... fazerem projetos que atendam a cidade e a população NADA!!!!! É isso... só faltam 3 anos e 6 meses para acabar este martírio!!!!
 
Marco Antonio em 10/06/2013 21:00:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions