ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SEXTA  19    CAMPO GRANDE 26º

Política

No primeiro mês de trabalho, bancada federal de MS já gastou R$ 272 mil

Dos 12 representantes do Estado em Brasília (DF) os senadores foram os que registraram maior e menor despesas

Por Gabriela Couto | 04/03/2024 11:00
Fachada do Congresso Nacional, localizado na Praça dos Três Poderes, em Brasília (DF) (Foto: Agência Câmara) 
Fachada do Congresso Nacional, localizado na Praça dos Três Poderes, em Brasília (DF) (Foto: Agência Câmara)

A bancada de Mato Grosso do Sul começou o ano gastando com viagens. No primeiro mês de trabalho efetivo em Brasília (DF) os deputados federais e senadores de Mato Grosso do Sul gastaram R$ 272.197,12 para exercer o mandato.

Os dados foram retirados das prestações de conta de cada parlamentar na manhã desta segunda-feira (4), no Portal da Transparência do Senado e da Câmara dos Deputados.

O destaque fica para o trio de senadores, que juntos gastaram R$ 122.054,27 em fevereiro. .

Nelsinho Trad (PSD) foi o que mais usou diárias, em 15 em viagens internacionais, o senador recebeu R$ 44.921,99. O valor supera o salário que cada um dos 12 representantes do Estado recebe, R$ 44.008,52.

O senador viajou para Azerbaidjão, Uruguai e Portugal durante fevereiro. Além disso os custos do gabinete totalizaram R$ 98.812,11. Além das diárias, o maior pagamento foi feito para pagar serviço de apoio parlamentar no valor de R$ 33.499.

Soraya Thronicke (Podemos) declarou ter gastado R$ 15.605,3, sendo a maior despesa, R$ 7.311,82 desembolsado para a compra de passagens aéreas para a capital federal.

A senadora Tereza Cristina (PP) foi a que menos utilizou recursos em fevereiro. Apenas três setores de gastos foram declarados durante o período, totalizando R$ 7.636,86. O destaque fica para o custeio com os Correios, que somaram R$ 3.780 para envio de 200 pacotes impressos.

Deputados – Os oito representantes de Mato Grosso do Sul na Câmara dos Deputados custaram R$ 150.142,85 como soma total de despesas em fevereiro.

Os dados apontam ainda que Camila Jara (PT) continua sendo a deputada que mais gastou para exercer seu mandato, totalizando R$ 31.856,23. Destaque para o maior custo no mês passado, R$ 21.780,00 para divulgação do trabalho da petista.

O parlamentar mais econômico foi Rodolfo Nogueira (PL), que declarou ter usado R$ 9.591,96. O maior gasto do mandato no mês passado foi com passagens aéreas, que somaram R$ 8.558,06. Confira abaixo a lista de gastos dos deputados em fevereiro por ordem alfabética.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias