A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 09 de Dezembro de 2018

04/09/2010 09:44

Novas eleições podem acontecer em Dourados, diz juiz

Redação

Em solenidade de posse na Câmara de Dourados, o juiz interventor Eduardo Machado Rocha afirmou que novas eleições podem acontecer no município para que seja definido o novo prefeito da cidade, depois que Ari Artuzi (PDT) foi preso por estar envolvido num esquema de corrupção que veio à tona após a Operação Uragano, deflagrada pela PF (Polícia Federal).

Com plenário lotado, o juiz está sendo empossado pela vereadora Délia Razuk (PMDB). A parlamentar não foi citada nas gravações e nem no relatório da PF sobre o escândalo.

Machado está sendo aplaudido de pé por todas as pessoas que acompanham sua posse na Câmara. Ele relatou à imprensa que pretende normalizar a administração na prefeitura de Dourados, que está sem comando há três dias.

Além de instalar auditorias, de imediato, nas secretarias municipais, o magistrado explicou que "agora vai ter dinheiro, essas falcatruas como sumiço de dinheiro não vão mais acontecer". Funcionários do Judiciário podem auxiliar Eduardo nas auditorias.

Ontem, o TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), através de decisão proferida pelo desembargador João Carlos Brandes Garcia, deferiu o pedido do MPE (Ministério Público Estadual) para que o juiz Eduardo Machado Rocha assumisse a prefeitura "prontamente" no lugar de Artuzi.

Agora, o TJ/MS vai julgar o pedido de intervenção no município, que também foi apresentado ontem pelo MPE. Caso haja deferimento por parte da Justiça, caberá ao governador André Puccinelli (PMDB) indicar interventor.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions