A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/07/2013 12:53

Ordenador de despesas é novo diretor interino do HR; sindicato reclama

Francisco Júnior

Mauro Roberto Gonçalves Marcusso, ordenador de despesas da Funsau (Fundação Serviços de Saúde de Mato Grosso do Sul) foi nomeado diretor interino do hospital Rosa Pedrossian,em Campo Grande. Ele desempenha a função desde ontem (3), segundo o plantão administrativo do HR.

A direção do SINTSS/MS (Sindicato dos Trabalhadores em Seguridade Social de Mato Grosso do Sul) não gostou da nomeação de Marcusso para a direção do Hospital Regional.

O sindicato defende que a função seja desempenhada por um servidor de carreira. “Se ele for levar a mesma política do Ronaldo, não vai mudar nada. Ele era uma pessoa chave da administração anterior”, afirma Alexandre Costa, presidente do SINTSS.

De acordo com o sindicalista, a administração do Rosa Pedrossian precisa de uma mudança urgente. “A gente espera mudança substancial, alguém de carreira que não estava nesse meio. Precisamos de uma nova fase”, acrescenta Costa.

Marcusso assumiu o cargo depois que o médico Ronaldo Perches Queiroz foi dispensando da função ao aparecer em gravações da operação Sangue Frio, realizada em março pela PF (Polícia Federal).

Na gravação, ele e Beatriz Figueiredo Dobashi, que foi exonerada do cargo de secretária estadual de Saúde após a divulgação das gravações, combina como responderiam ao Ministério da Saúde solicitação sobre o interesse do Estado em repasse de aceleradores lineares para tratamento de pacientes com câncer.

A estratégia era a de convencer o Inca (Instituto Nacional do Câncer) a enviar os equipamentos apenas para o HR e ao Hospital do Câncer, dirigido na época por Adalberto Siufi. Nas conversas gravadas, a secretária deixa claro que há uma relação próxima com o médico oncologista, afastado do HC depois de denúncias de improbidade.

A operação Sangue Frio investiga o HU (Hospital Universitário) de Campo Grande, o Hospital de Câncer e médicos por desmonte da rede pública de radioterapia para privilegiar o setor privado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions