A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/07/2013 20:31

Diretor do Hospital Regional também entrega pedido de afastamento

Zemil Rocha
Após três anos no cargo, Ronaldo deixa comando do Hospital Regional de MS (Foto: Arquivo)Após três anos no cargo, Ronaldo deixa comando do Hospital Regional de MS (Foto: Arquivo)

O diretor do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HR), Ronaldo Queiroz, também pediu afastamento do cargo na tarde desta segunda-feira. A assessoria do governo do Estado confirmou há pouco que Ronaldo está deixando suas funções, a fim de facilitar investigações sobre o setor de oncologia, iniciada com a Operação Sangue Frio.

A saída de Ronaldo Queiroz acontece três anos após ele ter assumir o cargo, no lugar de Walmir Silva dos Santos, que deixou o comando do HR no final de 2009. O pedido já foi entregue ao governador André Puccinelli (PMDB).

A demissão de Ronaldo Queiroz acontece na sequência do afastamento da secretária estadual de Saúde, Beatriz Dobashi, que, ao anunciar seu afastamento esta tarde, também informou que está disponibilizando às autoridades seus sigilos bancário, fiscal e telefônico.

Gravação de interceptações telefônicas divulgadas hoje indicam que Beatriz e o diretor do Hospital Regional, Ronaldo Queiroz, planejaram uma manobra na tentativa de que aceleradores lineares, disponibilizados pelo Ministério da Saúde, fossem enviados apenas ao HR e ao Hospital do Câncer, administrado na época por Adalberto Siufi.



Só pedir afastamento não basta. Tudo tem que ser apurado e, quem deve tem que pagar.
 
Fernando Silva em 02/07/2013 10:23:47
Tem que apurar e punir quem é culpado, seja secretário, diretor, qualquer um. Todo dia o povo em passeata pedem investimento do governo Federal, mais não investiga para onde estava indo o dinheiro da União. Até o HU recusando o aparelho, sendo um empregado do povo. Tudo para beneficiar empresário e a Presidente levando aculpa. Aonde estavam os deputados fiscalizadores do povo?????? Não viram? Estava atarefados? Executando o quê?
 
Luiz Alves em 02/07/2013 07:28:41
Sinceramente, me espanta a passividade do nosso governador diante de tantas denúncias graves como essas que estamos vendo acontecer, como eleitor e cidadão ficaria feliz se o mesmo os demitisse imediatamente, lamentável!
 
Carlos Irineu Gonzales em 01/07/2013 22:45:04
Mais um câncer extirpado!!
 
João Penca em 01/07/2013 22:21:22
Nojo... Quantas pessoas foram prejudicadas no seu tratamento, cadê a justiça do MS.
 
Fernando J. Oliveira em 01/07/2013 22:16:04
Sou profissional de saúde e admiro muito a Dra Beatriz Dobashi, não acredito que ela esteja envolvida nesta sujeira do Hospital do Câncer! Porém torço para que tudo se esclareça. Sou pelos pacientes já sofridos pelo Câncer e pela honestidade!!!!!
 
Judith W. Flor em 01/07/2013 21:54:40
É uma vergonha, ler esta noticia, onde após fazer e desfazer de um hospital para atender a população, uma pessoa que agia da forma agia, pensando somente em se beneficiar em direcionar o tratamento de câncer a rede particular, deve ter excelente caráter. Jamais deveria voltar a um cargo publico, não venho nenhum setor que caberia seu curriculum.
 
Carlos Augusto em 01/07/2013 21:13:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions