A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

11/06/2013 09:08

Para atingir ex-prefeito, Bernal manda vereadores aliados criar CPI do lixo

Jéssica Benitez e Leonardo Rocha

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), declarou concordar com a instalação de mais uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) na Câmara Municipal, desta vez para apurar o processo licitatório que acarretou na contratação da empresa CG Solurb, especializada na coleta de resíduos sólidos, durante a gestão anterior.

A ideia surgiu do líder do progressista na Casa de Leis, vereador Marcos Alex (PT), que tentou inserir o tema na CPI do Calote, mas recebeu negativa por parte dos outros integrantes da comissão, sob alegação de que investigar licitações sairia do foco que é apurar informações acerca de contratos de empresas que atualmente prestam serviços à prefeitura, incluindo as que não estão sendo pagas.

Bernal, porém, não escondeu que o intuito de instalar tal comissão é de atingir o ex-prefeito da Capital, Nelsinho Trad (PMDB). “Tem que abrir CPI porque todas as investigações são importantes para a cidade e para a Câmara Municipal. Vários contratos que foram firmados na gestão passada e há denúncias de irregularidades”, disse o chefe do Executivo.

O prefeito ressaltou, ainda, a necessidade de não deixar que a atenção saia da comissão que cuida do escândalo envolvendo a saúde do Município. “Peço, apenas, para que não tirem fico da CPI da Saúde que deve ser prioridade do Legislativo”, finalizou.

Ontem, Marcos Alex afirmou que hoje à noite os vereadores da base aliada se reuniriam para tratar de alguns assuntos, entre eles o possível requerimento para instalação da “CPI da Solurb”. O petista garantiu que o prefeito irá participar a encontro, mas Bernal disse que ainda está esperando contato por parte do líder.

Mesmo antes de o plano ser colocado em prática, a criação de uma nova CPI pode enfrentar dificuldades. Isso porque são necessárias 10 assinaturas, entretanto a base possui somente nove vereadores: Cazuza (PP), Chocolate (PP), José Orcírio Miranda dos Santos (PT), Ayrton Araújo (PT), Marcos Alex (PT), Gilmar da Cruz (PRB), Luiza Ribeiro (MD), Rose Modesto (PSDB) e João Rocha (PSDB).

Caso seja aprovada, está será a terceira comissão instalada na Casa de Leis. Segundos regimentos internos, somente cinco CPIs podem ocorrer simultaneamente. O prazo para finalizar cada investigação é de 90 dias, mas pode ser prolongado se houver necessidade.

 



Sr. Prefeito: do seu mandato de 4 anos (1.440 dias) já se passaram 160 dias, ou seja, mais de 10% e sua administração ainda não deslanchou. Esqueça as picuinhas políticas e ponha em prática suas ideias que convenceram a população a elegê-lo. O senhor não vai conseguir bater de frente com essa turma. Siga em frente e marque sua administração enquanto é tempo. Campo Grande e seus eleitores agradecem.
 
Alfredo Barros em 11/06/2013 15:09:21
Tipo de pessoa que está perdida, não sabe o que faz!!! Passa a vez Bernal e volta pra rádio.
 
Guilherme Francisco em 11/06/2013 14:40:13
Queremos tranparência no contrato desta Empresa , se fôr cheinha de maracutais , queremos o destrato o mais urgente possivél,
 
Ari Ferreira em 11/06/2013 14:01:27
O prefeito está há mais de 6 meses "analisando" o contrato para verificar irregularidades. Se em 6 meses sua equipe não encontrou nada, pra que CPI? Me parece que essa equipe é tão incompetente que quer passar para a Câmara o ônus de investigar o contrato. É lastimável o que esse prefeito está fazendo com Campo Grande. Parabéns a você que votou nele. Eu não carrego esse estigma.
 
Eduardo Filho em 11/06/2013 13:58:10
Que bom se a investigação fosse séria e que o nosso dinheiro desviado fosse devolvido a nós, porque até agora oque eu vejo é que toda vez que se quer esconder os podres da antiga administrração se inventa uma desculpa nova, então vereadores tá na hora de trabalharem direito nós o povo estamos cançados da enrolação de vocês se trabalhassem de verdade não pagaríamos tão caro por contratos no mínimo suspeitos que vocês mesmos aprovam na câmara sem contestar. Tá na hora de trabalhar para o povo e não para o bolso e a vaidade de vocês.
 
Ana Lúcia R. Mendonsa em 11/06/2013 13:58:06
Maria dos Santos. Maria o vice nãoooooo o vice é um pouco pior que o titular.
 
Paulo Lopes. em 11/06/2013 13:56:45
Eu gosto desse prefeito, é o melhor que vi até agora em Campo Grande. Quem torce contra é porque ainda não sabe dos bastidores do passado. Ah se o povo soubesse porque alguem ganha licitação.
 
luiz alves em 11/06/2013 12:56:24
Não queremos saber mais de CPI, queremos que você Bernal, mostre que tem capacidade para administrar esta cidade. O PMDB já começou a perder nas urnas.
 
Antonio Reis em 11/06/2013 12:29:33
Pois é.. e enquanto corre um monte de CPI, para atingir os ex....(PMDB) vários orgãos não tem responsável, e várias coisas paradas pela cidade!! o prefeito tem que trabalhar, trazer investimentos para sua cidade, e não afastar.... como fez o Artuzi, e o final todos sabem o que aconteceu!!
 
Caio Prado em 11/06/2013 12:09:49
Podia criar a CPI TOMA VERGONHA NA CARA BERNAL vai ficar os 4 anos achando erro dos outros. Conclusão NÃO FEZ NADA NO MANDATO, nem se quer tentou mostrar ser diferente ¬¬ Que palhaçada ! Enfim la sei vai mais 4 anos jogados no lixo, e MILHÕES jogados no BOLSO
 
Patrick Alencar em 11/06/2013 12:05:53
Este prefeito não pode estar falando sério.. Ele teve quase 6 meses para investigar tal contrato, não achou nada e agora vem com essa? Enquanto isso não paga as empresas e a investigação nunca acaba.. ele só pode estar brincando com a população campo-grandense e com os trabalhadores destas empresas, que ficam a mercê de ter pagamento se o prefeito pagar o que deve.. por serviços que estão sendo prestados.
 
Danielle Amaral em 11/06/2013 11:16:27
Bernal mais uma vez preocupado em atingir o PMDB, larga mão disso senhor prefeito , se preocupe mais com a nossa preciosa cidade , se preocupe em fazer uma boa administração coisa que na minha concepção não esta acontecendo. Abraço !
 
Vinícius Mercaff Ferreira em 11/06/2013 11:02:03
Que de fato, foi tão estranha essa licitação como foi a do Consórcio Guaicurus! E se o Nelsinho fez tudo certo, não tem com o que se preocupar!
 
Eduardo Boretti em 11/06/2013 10:43:36
CPI da Solurb, CPI da saúde, aumento de 150% no lanche ! Será que nós, população, podemos demitir todo mundo (prefeito e vereadores) e começar tudo de novo? Enquanto isso a cidade tá abandonada.Tá difícil !
 
Marcos Figueiredo em 11/06/2013 10:40:09
enquanto o prefeito e os vereadores brigam, a cidade é jogada as traças por este prefeito que ja demonstrou incompetencia pra governar uma cidade como Campo Grande, aonde se viu,, deixar de pagar os fornececedores, justamente as pessoas que geram emprego para os eleitores deste prefeito,, se não tem condições de governar, deixa o seu vice governar amigo
 
maria dos santos em 11/06/2013 10:14:57
Cria um CPI do lixo, do Lanche etc....!!!!!!!
 
Anderson Silva em 11/06/2013 10:06:17
Atingir por que??? quem não deve não teme...
 
cristiana rosa em 11/06/2013 10:00:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions