ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  03    CAMPO GRANDE 16º

Política

Para delegado, "tudo indica" que atentado à candidata foi "ameaça" de eleição

Casa de Fabiana Galvão (MDB) foi atingada por pelo menos 5 tiros na noite de ontem

Por Anahi Zurutuza | 11/11/2020 11:44
Marcas de tiros ficaram no portão e 5 projéteis foram encontrados dentro da residência (Foto: Reprodução de vídeo)
Marcas de tiros ficaram no portão e 5 projéteis foram encontrados dentro da residência (Foto: Reprodução de vídeo)

A Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo ainda não conseguiu avançar muito nas investigações sobre atentado a tiros à casa da vereadora Fabiana Silveira Galvão, de 46 anos, candidata a prefeita pelo MDB, na noite de ontem (10). Ela ainda não foi ouvida.

Segundo Verônica Ulisses, uma das assessoras na campanha eleitoral, Fabiana está muito abalada e precisou tomar tranquilizantes. Nesta tarde, acompanhada de advogado enviado pelo MDB, ela deve prestar depoimento e conseguirá dar mais detalhes sobre o ocorrido.

Vereadora há 4 anos, Fabiana se candidatou à Prefeitura pelo MDB (Foto: Assessoria da candidata/Divulgação)
Vereadora há 4 anos, Fabiana se candidatou à Prefeitura pelo MDB (Foto: Assessoria da candidata/Divulgação)

Fabiana estava sozinha em casa, na Rua Venina da Silva Lemos, no Jardim Vista Alegre. Ele tinha saído da sessão na Câmara, que começou às 19h dessa terça-feira, e foi para a residência. “A gente estava em reunião na casa do nosso coordenador de campanha, quando ela ligou desesperada e a gente saiu correndo”.

Conforme boletim de ocorrência, registrado por um homem de 37 anos, por volta das 21h40, um veículo, aparentemente do modelo Chevrolet Corsa Sedan, de cor prata, parou em frente ao imóvel. O passageiro, então, fez vários disparos contra o portão da garagem.

Após os tiros, os atiradores fugiram e ainda não foram localizados, nem identificados. Os disparos atingiram o portão e o teto da garagem, além do vidro traseiro do veículo de Fabiana. Dentro do imóvel, foram localizados cinco projéteis. Ninguém ficou ferido.

Motivação – Segundo a assessora, na última pesquisa encomendada pelo partido, Fabiana aparece em terceiro lugar, mas a disputa em Ribas do Rio Pardo está bem acirrada.

Os candidatos João Alfredo (Psol) e José Domingues Ramos, Zé Cabelo (PSDB), aparecem, respetivamente, em primeiro e segundo lugares, conforme as últimas pesquisas registradas no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul). Na cidade, há mais 4 candidatos.

O delegado responsável pelo caso, Bruno Santacatharina, afirma que já tem algumas linhas de investigação e que equipe da Delegacia de Polícia de Ribas do Rio Pardo está em diligências, em busca, por exemplo, de imagens de câmeras de segurança. Questionado se o atentado tem relação com a campanha eleitoral, o delegado respondeu: “tudo indica que sim”.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário