A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

01/08/2019 12:49

Partidos buscam aliança e não descartam lançar candidato a prefeito

Reunião teve a participação do MDB, PDT, PSB, PRB, Avante e Pros. O grupo terá novo encontro em setembro

Leonardo Rocha
Reunião ocorreu na sede do PRB, em Campo Grande (Foto: Divulgação)Reunião ocorreu na sede do PRB, em Campo Grande (Foto: Divulgação)

Representantes de seis partidos se reuniram ontem (31), para começar a discutir uma aliança para eleição de 2020, em Campo Grande. A intenção é construir um grupo para enfrentar o atual prefeito Marquinhos Trad (PSD), que vai buscar a reeleição. Uma das opções é escolher um nome do grupo para disputar a prefeitura.

O encontro teve a presença de membros do MDB, PDT, PSB, PRB, Avante e Pros, na sede do PRB, que foi o anfitrião do evento. “Foi um primeiro contato para discutir uma aliança, podemos definir como um começo de diálogo”, disse o presidente municipal do PDT, Yves Drosghic.

O pedetista diz que o grupo pode ter várias opções, entre elas definir um candidato a prefeito ou até lançar vários nomes, como estratégia. “Podemos, por exemplo, ter cada partido um candidato e o que chegar ao segundo turno, recebe o apoio dos demais”.

O presidente municipal do MDB, Ulisses Rocha, definiu a reunião como “início de conversa”, que pode resultar em uma aliança política. “O MDB vai ter seu candidato próprio à prefeitura, se houver um grupo de apoio será bem vindo. Foi uma conversa muito aberta, que vai se ampliar”, citou.

A intenção do grupo é prosseguir com os encontros, até para chegar a um acordo eleitoral. A próxima reunião foi marcada para o dia 2 de setembro, na sede estadual do PSB. “Quem sabe até aumentamos o grupo, com a entrada de outros partidos”, revelou Rocha.

Deputado Lucas de Lima (SD), durante entrevista no seu gabinete (Foto: Leonardo Rocha)Deputado Lucas de Lima (SD), durante entrevista no seu gabinete (Foto: Leonardo Rocha)

Pré-candidato – O deputado estadual, Lucas de Lima (SD), também anunciou sua pré-candidatura à prefeitura de Campo Grande, nesta manhã (01), na Assembleia. Ele disse que foi um pedido do partido. “População merece ter vários nomes à disposição, até para fazer sua escolha”.

Lucas adiantou que o partido deve “bater o martelo” a partir de maio de 2020, quando haverá a convenção municipal. “Aceitei a missão de disputar a prefeitura, e agora vamos formar uma chapa forte de vereadores”. O deputado diz que tem como pauta principais a saúde e mais investimentos nos bairros da cidade.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions