ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  19    CAMPO GRANDE 27º

Política

PF realiza a 4ª fase da Operação Lama Asfáltica para cumprir 44 mandados

Por Priscilla Peres | 11/05/2017 06:45
Viaturas estão em diligência nesta manhã. (Foto: Divulgação PF)
Viaturas estão em diligência nesta manhã. (Foto: Divulgação PF)
Policiais estiveram na sede da empresa H2L nesta manhã. (Foto: André Bittar)
Policiais estiveram na sede da empresa H2L nesta manhã. (Foto: André Bittar)

A Polícia Federal desencadeou nesta quinta-feira (11), a quarta fase da Operação Lama Asfáltica em Mato Grosso do Sul. Dessa vez, serão cumpridos 44 mandados entre prisão preventiva, condução coercitiva e busca e apreensão em quatro cidades de MS e outros dois estados.

Nesta manhã, policiais estiveram na casa do ex-governador André Puccinelli (PMDB) antes das 6h, na empresa HBR Medical e na H2L Soluções para documentos, todas em Campo Grande. Mais de 250 policiais federais, servidores da CGU (Controladoria Geral da União) e servidores da Receita Federal

De acordo com a PF, a nova fase foi motivada após investigação em provas colhidas em fases anteriores. As fraudes em licitações, superfaturamentos em obras públicas e pagamento de propinas desviaram valor estimado em R$ 150 milhões.

A quarta fase foi intitulada Máquinas de Lama, pois de acordo com a Polícia Federal, os valores de propina pagos eram justificado com o aluguel de máquinas, geralmente com o único proprósito de justificar os pagamentos.

Também ficou confirmado, conforme a polícia, o envolvimento de servidores públicos e a tentativa de lavagem de dinheiro, com a obtenção de benefícios e isenções fiscais. A Lama Asfáltica invesrtiga o desviou recursos públicos em licitações públicas, superfaturamento de obras públicas, aquisição fictícia ou ilícita de produtos e corrupção de agentes públicos.

Os recursos desviados passaram por processos de ocultação da origem, resultando na configuração do delito de lavagem de dinheiro, conforme a PF em nota.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário