A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

21/08/2015 11:51

PMDB terá convenção municipal, mas ainda não definiu presidente

Leonardo Rocha e Antônio Marques
Vereador Edil Albuquerque diz que com a recusa de Esacheu, ex-secretários estaduais estão cotados para assumir cargo (Foto: Assessoria/CMCG)Vereador Edil Albuquerque diz que com a recusa de Esacheu, ex-secretários estaduais estão cotados para assumir cargo (Foto: Assessoria/CMCG)
Marun ressaltou que novo presidente deve ter dedicação exclusiva, sem ter mandato (Foto: Arquivo)Marun ressaltou que novo presidente deve ter dedicação exclusiva, sem ter mandato (Foto: Arquivo)

O PMDB realiza amanhã (22), a partir das 9h, a sua convenção municipal em Campo Grande, para definir o seu novo diretório. O partido ainda não definiu quem será o presidente municipal, só chegou a um acordo que não será nem um vereador da Capital ou outro parlamentar, para que esta lideranças possa se dedicar de forma integral ao cargo.

Na última quarta-feira (19), o ex-governador André Puccinelli (PMDB) esteve na Câmara Municipal para uma reunião com os vereadores do PMDB, onde além de decidir que nenhum deles assumiria a presidência municipal, fariam um convite ao ex-presidente estadual da legenda, Esacheu Nascimento.

“Recebi o convite e fiquei muito lisonjeado, mas tive que declinar da possibilidade, pois neste momento estou exercendo muitos compromissos profissionais como advogado, não teria o tempo disponível para assumir o partido, e quando entro em um projeto tenho que me dedicar de forma integral”, disse Esacheu.

Sem este alternativa, as principais lideranças da Capital ainda não definiram o nome do novo presidente. O vereador Edil Albuquerque (PMDB) citou os ex-secretários estaduais que poderiam assumir a missão, entre eles Thiê Higuchi, ex-secretária de Administração, Tânia Garib, que esteve a frente da Assistência Social e Carlos Henrique Santos Pereira, ex-presidente do Detran-MS.

A atual presidente, a vereadora Carla Stefanini (PMDB), segue o mesmo caminho ressaltando que os nomes citados são excelentes quadros que poderiam contribuir com o partido, mas que ainda segue a indefinição. "Continuamos conversando e o diálogo deve prosseguir, mas por hora não definimos o presidente

“Ainda não se chegou a uma definição, teve o convite formal para o Esacheu, mas ele não pode aceitar, acredito que até o final da tarde se chegue a uma solução”. Ele explicou que a opção por não ser um vereador, permite que os parlamentares tenham condições de igualdade na Câmara.

A atual presidente, a vereadora Carla Stefanini (PMDB), segue o mesmo caminho ressaltando que os nomes citados são excelentes quadros que poderiam contribuir com o partido, mas que ainda segue a indefinição. "Continuamos conversando e o diálogo deve prosseguir, mas por hora não definimos o presidente".

O deputado federal Carlos Marun (PMDB) ressaltou que este novo presidente precisa gerar um espírito de união entres os filiados e se dedicar de forma integral, sem ter mandato. “No momento ainda não definiu, sabemos que amanhã se escolhe o diretório e se tiver necessidade ainda tem cinco dias para definir a executiva”.

Câmara vai homenagear 84 pessoas em sessão do aniversário de 118 anos
A Câmara Municipal de Campo Grande vai homenagear 84 pessoas em sessão solene na próxima quarta-feira (dia 23). Na ocasião, a partir das 19h, serão ...
Moreira Franco: MP das Rodovias dará segurança jurídica e resolverá problemas
O ministro da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco, afirmou que a MP das Rodovias vai garantir condições de investimento nas concessões at...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions