A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

01/09/2014 16:46

Polícia Federal faz mistério sobre investigações de perfis fakes

Ludyney Moura e Kleber Clajus
Superintendência Regional da PF se limitou a dizer que o resultado das investigações será encaminhado à Justiça Eleitoral (Foto: Arquivo/CGNews)Superintendência Regional da PF se limitou a dizer que o resultado das investigações será encaminhado à Justiça Eleitoral (Foto: Arquivo/CGNews)

As investigações da Polícia Federal sobre os perfil falsos do Facebook vêm sido mantidos em sigilo pelo órgão. Apesar de confirmar que está apurando as ofensas e acusações pela mídia social, a PF evita comentar o assunto, e faz mistério sobre o rumo das investigações.

Segundo a assessoria de comunicação da superintendência regional da PF, “os casos estão sendo investigados e assim que os inquéritos forem finalizados serão encaminhados a Justiça Eleitoral”, que solicitou a presença dos agentes no caso.

Mesmo antes do início da propaganda eleitoral, o Facebook já estava sendo usado por apoiadores de determinados candidatos em detrimento de alguns adversários. Quase 20 perfis foram bloqueados pela Justiça Eleitoral desde o registro oficial das candidaturas, em 5 de julho.

As multas aplicadas pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) ao Facebook pela não desativação dos perfis varia de R$ 15 a R$ 25 mil por dia de descumprimento.

O TRE-MS solicitou ao Facebook o encaminhamento à Polícia Federal dos perfis de usuários vinculados à administração das páginas falsas, os respectivos números de IPs (internet protocol) de onde foram acessados esses perfis e os endereços eletrônicos (e-mails) e os números de telefone celular a eles vinculados para login, meios pelos quais é possível identificar os responsáveis pelas postagens.

Governador assina ordem de serviço para asfalto e entrega viaturas hoje
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assina nesta quinta-feira (17), ordem de serviço para pavimentação e drenagem de águas pluviais em seis quilôme...
Ainda tem o que entregar sobre Michel Temer em delação, diz Funaro
O corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro, preso na Papuda, em Brasília, disse nesta quarta (16) que "ainda tem" o que entregar sobre o presidente M...
Sem consenso, Câmara adia votação da reforma política
Sem consenso e diante de muita polêmica, o plenário da Câmara dos Deputados adiou na noite desta quarta-feira (16) a votação do texto-base de parte d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions