A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

31/12/2008 15:59

Prefeito corta cargos e economizará R$ 88 mil por mês

Redação

Definido o novo secretariado, o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), anunciou hoje o corte de cargos de primeiro e segundo escalão, medida que garantirá economia de R$ 88 mil. Autarquias e fundações irão se fundir e integrar secretarias.

Atualmente, 21 pessoas ocupam os cargos e ganham salários de R$ 8 mil. No novo mandato, serão apenas 11. "Economizei porque diminuí os salários dos agentes políticos", reforça o prefeito.

A secretária de Administração, Aurenice Rodrigues Pinheiro Pilatti, será substituída por Jorge Martins, que já foi titular da pasta em 2007 e atuou na campanha de reeleição do prefeito.

A atual secretária de Assistência Social, Ilza de Souza Mateus, perde o cargo. Em 2009, a pasta passará a chamar Ação Social e Cidadania e o cargo será ocupado pela primeira-dama, Antonieta Trad.

Entretanto, o prefeito garante que o salário da esposa será revertido para instituições de caridade, uma a cada mês. Ilza será acomodada na posição de coordenadora dos Ceinfs (Centros de Educação Infantil), já que a Educação assumiu todos esses centros.

O chefe de Gabinete, Edson Makimori, será mantido no posto. Ele também ocupava a Secretaria de Governo, que terá Rodrigo Aquino como titular a partir de 2009.

Aquino era diretor da Emha (Empresa Municipal de Habitação) e coordenador da campanha de reeleição do prefeito Nelsinho Trad.

O vice-prefeito, Edil Albuquerque, também será nomeado secretário de Fomento ao Agronegócio Indústria, Comércio, Turismo, Ciência e Tecnologia.

A secretária de Planejamento e Controladoria, Eva de Souza Salmazo perde o cargo, que em 2009 será ocupado por Paulo Nahas.

O secretário de Meio Ambiente, Frederico de Freitas, também será trocado por Marcos Antônio Moura Cristaldo, que era diretor executivo da Secretaria de Controle Urbanístico. Segundo o prefeito, Cristaldo é funcionário de carreira da prefeitura e "conhece árvore".

João Antônio de Marco continua na equipe do prefeito, ele é secretário de Obras, que será transformada em secretaria de Infra Estrutura, Transporte e Habitação. José César de Oliveira Estoduto será mantido como titular da secretaria de Receita e Luiz Henrique Mandetta na Saúde.

Também será mantido como procurador do município Ernesto Borges Neto.

Quanto à participação dos partidos, já que é praxe os alidos ter espaço na administração, o prefeito destaca que o DEM indicou o nome de Rodrigo Aquino, o PDT o de Jorge Martins e Educação cabe ao PSBD escolher.

Interinamente, a secretária de Educação Maria Cecília Amêndola da Mota será mantida do cargo até que o PSDB indique o nome, que pode ou não confirmá-la.

O novo coordenador do setor de comunicação da prefeitura será Francisco Vitório, em substituição à jornalista Mônica Ferreira. Iko, como é conhecido, era coordenador da assessoria de Comunicação da Câmara Municipal.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions