A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

12/02/2013 13:55

Prefeito de Aquidauana paga o próprio salário e deixa de fora servidores

Josemil Rocha
Zé Henrique, prefeito de Aquidauana. Zé Henrique, prefeito de Aquidauana.

O prefeito de Aquidauana, Zé Henrique Trindade (PDT), pagou-se o próprio salário e a folha dos servidores efetivos no fim de semana passado, mas penalizou ex-comissionados da gestão passada, que até agora não receberam os salários referentes a dezembro de 2012. Normalmente, a quitação deveria acontecer até o 5º dia útil de janeiro deste ano, mas até hoje, 12 de fevereiro, ainda não foi efetivada.

Zé Henrique” nega, em documento encaminhado ao Ministério Público Estadual, ter assumido compromisso de pagar os salários dos ex- comissionados referente ao mês de dezembro/2012 durante reunião na sede do SIMPRECAM – Sindicato dos Servidores. Trata dessa dívida como “rescisão”, o que é criticado pelos comissionados, que alegam ter prestado serviços para o povo de Aquidauana até o final do ano passado. Além disso, Trindade alega dificuldades financeiras para quitar a “rescisão” dos servidores.

No fim de semana, Zé Henrique quitou o salário de janeiro com um dia de atraso de todos os servidores efetivos. Também foi pago o salário dele próprio, do vice-prefeito e dos gerentes municipais além de todos os comissionados e contratados pelo atual prefeito.

Nos primeiros 38 dias de 2013 o total da receita arrecadada pela Prefeitura de Aquidauana ultrapassa a casa dos R$ 7 milhões e mesmo assim o chefe do Executivo mantém a decisão de não pagar o salário de dezembro de 2012 de um grupo de servidores comissionados que trabalharam na gestão anterior, de Fauzi Suleiman (PMDB).

Integrantes desse grupo de ex-comissionados estiveram, na sexta-feira passada, com o promotor de justiça José Mauricio Albuquerque, o mesmo que pediu ao juiz eleitoral José de Andrade Neto a cassação do diploma do prefeito José Henrique pela utilização de servidores públicos lotados na Assembleia Legislativa em sua campanha eleitoral em Aquidauana em horário de expediente. Durante a audiência , o promotor informou que vai solicitar da Prefeitura de Aquidauana a relação dos servidores que não receberam o salário de dezembro e buscar um acordo em curto prazo para o pagamento.

Rombo nas finanças

Em vez de pagar débitos herdados da gestão passada, o prefeito de Aquidauana, Zé Henrique Trindade, optou por suspender contratos e realizar auditoria, alegando que há muitas irregularidades e que o rombo nas contas públicas pode chegar a R$ 30 milhões.

Trindade acusa o antecessor, Fauzi Suleiman, de ter deixado uma dívida previdenciária acumulada de R$ 1,5 milhão, desde o começo do ano passado. Valores para quitação de empréstimos consignados, descontados em folha de pagamento, somando R$ 320 mil, não teriam sido repassados aos bancos, gerando inclusive prejuízos para os servidores, que tiveram nomes negativados no SPC. Outras dívidas referentes a Imposto de Renda, FGTS e INSS somariam mais R$ 3,3 milhões.

Além disso, Zé Henrique alega que quando assumiu a prefeitura herdou R$ 2,4 milhões de dívida com folha salarial dos servidores e R$ 6 milhões de empenhos para pagar a fornecedores.

 

 



O POVO DE AQUIDAUANA NÃO TEM CULPA, POIS NÃO FORAM ELES QUEM ELEGERAM ESSA PESSOA QUE ESTÁ AÍ SENTADO NA CADEIRA DE PREFEITO E SIM O MINISTÉRIO PÚBLICO E O TRE. ESSE AÍ SÓ SE PREOCUPA COM AS FAZENDAS DOS AMIGOS. APARTIR DE AGORA PODE PROCURAR OS MAQUINÁRIOS QUE ESTARÃO TODOS A DISPOSIÇÃO DOS FAZENDEIROS NAS FAZENDAS E ENQUANTO ISSO AS RUAS DA CIDADE ESTARÃO PIORES QUE AS ESTRADAS DAS FAZENDAS!!!!!!
 
Milton Martins em 14/02/2013 08:42:57
parecido com o que ocorreu na capital
estranho né.
eles punem servidores para tentar agredir os ex-prefeitos.
como pode ser tão baixa uma pessoa assim.
esse é o tipo de gente que elegeram
parabens ao zé povinho pela suas escolhas.
 
julio junior em 13/02/2013 23:39:02
Certo ele!! Quem mandou elegerem esse tipo de gente, agora o povo tem mais é que aguentar!!! Aprender a lição não aprendem mesmo! KKKK
 
Vinícius Gomes em 13/02/2013 09:14:10
COMO DIZ O DITADO: " FARINHA POUCA, MEU PIRÃO PRIMEIRO"
 
João Carlos da Silva em 12/02/2013 14:59:28
o prefeito está equivocado ou mal assessorado ele deve sim pagar os servidores é sua inteira responsabilidade sim , e mais se tinha dívidas ou não não cabe a ele discutir deixe na mão do ministério publico que tomas as providencias ,e quando vc casa com umna Mulher por exemplo e ela tem filhos vc herda tudo os filhos também do casamento anterior ou ele quer ainda que o antessessor pague os salários que ele deve mesmo pagar pois a partir de 01 de janeiro é sua responsabilidade , parece uma cidade do norte de ms esta mais ou menos assim tudo é culpa do ex prefeito ...
 
VINICIUS MARQUES em 12/02/2013 14:19:59
O prefeito Zé Henrique Trindade esta certo, o que ele tem de haver com as dívidas do ex-prefeito? Ele assumiu em janeiro e folha de ponto se encerrou em dezembro eo prefeito dá época deveria deixar todas as contas em dia. Cabe ao MPF investigar o que o ex-prefeito fez com a verba destinada aos pagamentos dos funcionários, assim como cabe aos funcionários abrir um processo contra o ex-prefeito paga o pagamento da dívida. O prefeito Zé Henrique assumiu em janeiro e é responsável pelos pagamentos de fevereiro até fim de seu mandato. a PF já deveria ter expedido mandado e prisão preventiva contra o ex-prefeito Fauzi Suleiman por estelionato e para investigação de possíveis(99,99% de certeza) desvios de verba pública.
 
Alexandre de Souza em 12/02/2013 14:11:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions