A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

02/06/2014 09:58

Prefeito diz que foi boato tentativa de agressão em igreja

Francisco Júnior e Bruno Chaves

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), comentou novamente sobre a confusão ocorrida na noite de ontem (1) em frente à igreja que ele frequenta, no Jardim Tijuca, em Campo Grande. Silvano Barbi da Silva, 24 anos, Salém Pereira Vieira, de 32 anos foram detidos depois de desacatarem guardas municipais no local.

O prefeito, que participou nesta manhã do lançamento da pedra fundamental de fábrica de proteína de soja da ADM (Archer Daniels Midland Company), negou que os dois homens foram até o local com a intenção de agredi-lo e colocou panos quentes na situação. “É tudo boato”, afirmou.

Olarte relatou que a confusão aconteceu fora da igreja Assembleia de Deus Nova Aliança e que os seguranças agiram rapidamente antes que a situação tomasse uma proporção maior. O prefeito disse também que teve acesso ao boletim de ocorrência hoje pela manhã e que tudo já foi resolvido.

Ontem, ele já havia dado uma declaração sobre o ocorrido. ““Foi uma ação desesperada no sentido de se fazer notar, não mudou em nada a normalidade do culto”, destacou Olarte na ocasião.

Silvano e Salém foram levados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga. Eles foram ouvidos e liberados. Os dois irão responder por ameaça e desacato.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions