A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/10/2010 18:18

Prefeito prestou depoimento sobre morte de vereador

Redação

Apontado pelo vice-prefeito Alcino Carneiro (PDT) como suspeito de ser o mandante do assassinato do presidente da Câmara Municipal, Carlos Antônio Carneiro (PDT), o prefeito de Alcinópolis, Manoel Nunes (PR), prestou depoimento na tarde desta quarta-feira à Polícia Civil.

O delegado Camilo Kettenhuber Cavalheiro disse ao Campo Grande News que o prefeito se apresentou espontaneamente à polícia. O depoimento foi feito a ele na presença do delegado titular de Coxim, Bruno Henrique Urban. "Para a Polícia Civil, ele não é considerado suspeito e nem investigado", afirmou Cavalheiro.

Carlos Antônio Carneiro havia saído ontem de Alcinópolis. O delegado diz que a saída do prefeito foi por orientação dele, porque ele estava sofrendo ameaças após a família do vereador morto tê-lo acusado do crime.

O conteúdo do depoimento não foi revelado, mas o delegado afirma que o prefeito Manoel Nunes está "muito tranquilo". "O problema com o vereador era de cunho político e não pessoal", disse.

Cavalheiro também orientou o prefeito e o advogado de defesa a não falar com a imprensa e a manter o telefone celular desligado. "Eu orientei ele a desligar o celular para evitar distorção por parte da imprensa porque este é um momento delicado", disse.

Alegando motivo de segurança, o delegado mantém em sigilo o paradeiro do prefeito, mas afirma que ele mantém contato com a polícia.

O caso agora está sob o comando da delegada Roseman Geise, do 1º Distrito Policial. Ela contará com o apoio do Garras (Grupo Armado de Repressão e Resgate a Assaltos e Sequestros).

De acordo com a polícia, ainda existem várias pessoas para serem ouvidas. "Até que esses depoimentos sejam tomados, não podemos repassar mais detalhes, até para não comprometer as investigações", disse o titular da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), delegado Pedro Espíndola.

Carlos Antônio Costa Carneiro foi assassinado no começo da tarde de ontem por dois homens, na avenida Afonso Pena, a principal de Campo Grande.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions