A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/09/2013 19:01

Presidente do Conselho de Saúde diz que SUS deveria ser prioridade em MS

Zana Zaidan e Bruno Chaves

O presidente do Conselho Estadual de Saúde, Alexandre Correa Bueno, ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa para tratar do que chamou de “privatização da saúde” no Estado.

Em depoimento para a CPI da Saúde da Casa, Bueno afirmou que o Conselho fez uma avaliação do SUS (Sistema Único de Saúde) em que foi constatado que, atualmente, 80% dos pagamentos são para serviços terceirizados, e os outros 20% são de privatização.

“Hoje, entendemos que em Mato Grosso do Sul existe um modelo privado do SUS e, para mim, isso vai contra o objetivo do órgão. Esse caráter privado faz com que o SUS seja complementar na saúde do Estado, enquanto deveria ser o contrário”, disse o conselheiro, argumentando que “Mato Grosso do Sul é um Estado novo que não investiu o suficiente no SUS”.

Na tarde de hoje, os trabalhos da CPI da Saúde da Assembleia foram voltados para o depoimento do diretor do consórcio Consórcio Telemídia e Techonology International (programa de agendamento de consultas por telefone nos postos de saúde), Naim Alfredo Beydoun. 

Quanto ao Conselho, a comissão
 questionou a atuação da entidade nas decisões voltadas a saúde nos últimos anos, além de saber como funciona o acompanhamento e fiscalização sobre os recursos do SUS.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions