A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Julho de 2018

06/04/2018 12:57

Projeto obriga a presença de socorristas em eventos de corrida

Eventos ainda precisam ter ambulância equipada para primeiros socorros em MS

Leonardo Rocha
Deputados Junior Mochi e Zé Teixeira, autor do projeto, durante sessão (Foto: Assessoria/ALMS)Deputados Junior Mochi e Zé Teixeira, autor do projeto, durante sessão (Foto: Assessoria/ALMS)

O projeto do deputado Zé Teixeira (DEM) obriga os eventos de corrida de rua e de ciclismo de Mato Grosso do Sul a ter à disposição aos competidores médicos socorristas, enfermeiros ou pessoas capacitadas para realizar os primeiros socorros, assim como uma ambulância devidamente equipada, para atender os casos urgentes.

“O objetivo de evitar mortes e agilizar o socorro médico nos casos de lesões graves sofridas por atletas, inclusive amadores dos esportes nestas modalidades ao ar livre, já que a competição exige esforços intensos”, disse o deputado, que ainda adiantou que o socorro médico nos primeiros minutos é imprescindível para os casos mais graves.

“Esta ação imediata aumenta as chances de sobrevivência”, justifica o autor. A ambulância precisa ter equipamentos e materiais de primeiros socorros, entre eles o oxigênio e desfibrilador nos referidos eventos. Caberá aos organizadores do evento implementar as normas estabelecidas. As medidas devem ser aplicadas tanto na esfera pública, privada e filantrópica.

Se as regras e exigências não forem cumpridas, os organizadores dos eventos podem perder a autorização para novas iniciativas destas modalidades, além de estarem sujeitos a sanções previstas na legislação civil e criminal. O projeto segue para as comissões da Assembleia, para depois ser votado em plenário pelos deputados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions