A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

03/09/2017 16:55

Projeto obriga unidades de saúde a dispor de intérpretes de libras

Leonardo Rocha
Deputado Maurício Picarelli apresentou projeto na Assembleia (Foto: Victor Chileno/ALMS)Deputado Maurício Picarelli apresentou projeto na Assembleia (Foto: Victor Chileno/ALMS)

O projeto apresentado pelo deputado Maurício Picarelli (PSDB), obriga unidades de saúde e hospitais a dispor de intérpretes de Libras (Língua Brasileira de Sinais), para dar o devido acompanhamento a pacientes com deficiência auditiva, para que os serviços e atendimentos sema feitos da melhor forma possível.

O autor justifica que tendo este profissional, estes pacientes poderão repassar as devidas informações aos médicos e equipe de saúde, em relação a sintomas, medicamentos e outras questões que serão importantes para o devido atendimento e tratamento.

O parlamentar alega que esta "correta comunicação" será fundamental no tratamento do paciente. "É necessário que os pacientes relatem com clareza e especificação os sintomas da doença. A presença do intérprete vai garantir essa troca de informações de maneira correta e precisa, facilitando a vida do paciente, da família e da equipe médica", justificou.

O projeto ainda inclui a necessidade deste profissional nos postos de saúde e também laboratórios, autorizando inclusive o poder público estadual a firmar parcerias com entidades e organizações, para viabilizar a presença destes intérpretes.

A proposta segue para as comissões permanentes da Assembleia, para depois ser votados pelos deputados em plenário. Caso seja aprovada, a matéria ainda segue para o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que pode vetar ou sancioná-la.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions