A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

16/09/2015 21:20

Projeto proíbe poda do pequi para preservar árvore símbolo do cerrado

Flávio Paes
Deputados Zé Teixeira e Pedro Kemp (Foto:DivulgaçãoDeputados Zé Teixeira e Pedro Kemp (Foto:Divulgação

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) apresentou projeto de lei, durante a sessão plenária desta quarta-feira (16/9), que declara de preservação permanente e proíbe o corte de o pequizeiro (nome científico caryocar brasiliense). De acordo com a proposta, o corte somente será admitido quando necessária a execução de obra, atividade ou projeto de utilidade pública ou de interesse social, mediante autorização do órgão ambiental estadual competente, ou em área urbana ou distrito industrial legalmente constituído, mediante autorização do órgão ambiental competente.


Ainda assim, os órgãos de fiscalização deverão exigir do empreendedor o plantio, por meio de mudas catalogadas e identificadas ou de semeadura direta, de cinco a 10 espécimes do caryocar brasiliense por árvore a ser suprimida.
Quem descumprir a lei estará sujeito à multa de 250 uferms, além da obrigação de realizar o replantio de muda da mesma espécie. A apresentação do projeto de lei foi uma das resoluções da audiência pública, realizada no último dia 11 de setembro, na Casa de Leis, para discutir a cadeia produtiva do pequi e de outros frutos do cerrado.

A proposição do evento foi do deputado Pedro Kemp, em parceria com o Instituto Marista e os produtores da Economia Solidária. O pequi é usado historicamente em bebidas, remédios caseiros, sabão artesanal, corante para tecidos, iscas para peixes e alimentação para o gado. Na culinária, também é conhecido como o “maná do cerrado”, pelo alto poder nutritivo, com vitaminas A, B1, B2, proteínas, ferro e cobre.

Governador assina ordem de serviço para asfalto e entrega viaturas hoje
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assina nesta quinta-feira (17), ordem de serviço para pavimentação e drenagem de águas pluviais em seis quilôme...
Ainda tem o que entregar sobre Michel Temer em delação, diz Funaro
O corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro, preso na Papuda, em Brasília, disse nesta quarta (16) que "ainda tem" o que entregar sobre o presidente M...
Sem consenso, Câmara adia votação da reforma política
Sem consenso e diante de muita polêmica, o plenário da Câmara dos Deputados adiou na noite desta quarta-feira (16) a votação do texto-base de parte d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions