A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 25 de Abril de 2018

03/09/2013 19:43

PSL já define chapa federal e tende a apoiar o PMDB em 2014

Zemil Rocha
Presidente do PSL ainda vê possibilidade de aliança entre PMDB e PT (Foto: arquivo)Presidente do PSL ainda vê possibilidade de aliança entre PMDB e PT (Foto: arquivo)

O presidente regional do PSL, Alceu Bueno, reuniu nesta tarde a Executiva para definir os pré-candidatos da legenda à Câmara Federal e discutir o cenário para a sucessão estadual. “Nosso partido vai lançar para deputado federal o vereador Elizeu Dionízio, o ex-suplente de deputado Raimundo Nonato de Carvalho e o ex-vereador e advogado criminalista Abadio Resende”, informou Bueno.

Advertiu, porém, que o deputado estadual George Takimoto, único representante do PSL na Assembleia Legislativa, também poderá integrar a chapa federal, se desejar, ou tentar a reeleição. “George Takimoto, por ser nosso deputado, pode escolher o que ele quiser”, garantiu o vereador.

Na chapa para deputado estadual, segundo Bueno, além da provável candidatura à reeleição de Takimoto, o PSL deverá lançar o ex-vereador e radialista Miltinho Viana, Valdir Cardoso, de Dourados, Edson Moraes, ex-prefeito de Bela Vista, Bento Afonso, de Caracol, e o vereador Oclésio Fialho, de Aquidauana, além do próprio Bueno, presidente regional do partido e que deve ser um dos puxadores de voto da chapa.

Indagado sobre o apoio na sucessão estadual, Alceu Bueno revelou que a tendência é marchar com o PMDB, embora acredite que haja possibilidade de um entendimento com o PT. “Estamos abertos a conversas com todos os partidos, fortaleceu muito um possível acordo com o PMDB com decisão do Giroto não sendo candidato. Isso facilita o entendimento na negociação da chapa federal”, declarou.

 

 

 



Queremos Bento Afonso na assembleia.
 
cicero de oliveira em 04/09/2013 11:37:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions