A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

16/05/2013 11:01

Puccinelli negocia empréstimo com superintendente da Caixa e pede juros baixos

Mariana Lopes e Jéssica Benitez
Puccinelli disse na manhã de hoje, durante evento no Comando do Corpo de Bombeiros, que empréstimo deve sair em 15 dias (Foto: Marcos Ermínio)Puccinelli disse na manhã de hoje, durante evento no Comando do Corpo de Bombeiros, que empréstimo deve sair em 15 dias (Foto: Marcos Ermínio)

Em negociação com o superintendente da Caixa Econômica Federal, Paulo Antunes, o governador do Estado, André Puccinelli (PMDB), pediu juros baixos no empréstimo que solicitou ao banco para ajudar na dívida da Santa Casa. A conversa aconteceu ontem, por telefone.

Segundo o governador, o valor de 1,1% de juros ainda é alto para o Estado bancar. “Até R$ 600 mil de juros o Governo pode pagar, daí eu arco até a minha gestão e o restante fica por conta de quem vai assumir o próximo mandato”, afirma Puccinelli.

A primeira informação era de que o empréstimo seria de R$ 70 mil, depois o peemedebista disse que seria de apenas R$ 60 mil. Na manhã de hoje, durante solenidade no Comando Geral do Corpo de Bombeiros, Puccinelli voltou atrás e confirmou o primeiro valor anunciado.

Outro ponto da negociação foi o parcelamento do empréstimo, que até então seria de 60 meses. Conforme informações do governador, agora o valor poderá ser parcelado em até 84 meses, com 6 de carência.

De acordo com Puccinelli, o superintendente da Caixa disse que o processo de liberar o empréstimo pode levar algum tempo. A declaração veio acompanhada de pressão por parte do governador, que afirmou ter pressa para receber o dinheiro. “Acredito que em 15 dias isso esteja resolvido”, pontuou o chefe do Estado.

Mesmo ressaltando que a dívida da Santa Casa é uma obrigação da Prefeitura, Puccinelli reforçou que quer ajudar, além de continuar com repasse de quase R$ 1 milhão. “São essas coisas que separadas podem aliviar a situação da Santa Casa, se todo mundo ajudar, o hospital sai do buraco”, disse na manhã de hoje.

Puccinelli também destacou que somente no ano passado o Governo destinou mais de R$ 15 milhões para a Santa Casa, quase R$ 1,4 milhão por mês.

Segundo o governador, atualmente o déficit da Santa Casa é de R$ 3 milhões, e para ele, o Ministério da Saúde e a Prefeitura também deveriam arcar com esse montante.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions