A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/01/2011 18:20

Puccinelli sugere ouvir população sobre pensões e nome do Estado

Marta Ferreira e Aline dos Santos
Puccineli reuniu secretariado nesta tarde. (Foto: João Garrigó)Puccineli reuniu secretariado nesta tarde. (Foto: João Garrigó)

Indagado nesta tarde sobre dois assuntos que viraram polêmicas nos últimos dias, o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), sugeriu consultas à população sobre os temas: o pagamento de pensões a ex-governadores e a confusão com o nome do Estado na novela Insensato Coração, da Rede Globo.

Sobre o pagamento das pensões a ex-governadores, que vai ser questionado no STF (Supremo Tribunal Federal) com base na ação que tirou o benefício do ex-governador Zeca do PT, Puccinelli disse que a população deve dizer “quem merece”.

“Ficou 10 meses, ficou 8 anos, fez esse Centro de Convenções, fez a Universidade Federal?”, listou o governador. Ele também aproveitou para cutucar o adversário, dizendo ter ficado surpreso ao ler declarações de Zeca contra o pagamento de pensões em outros estados e ao ler em jornais de circulação nacional que ele ainda tenta recuperar o benefício perdido em 2007.

Sobre a troca do nome de Mato Grosso do Sul por Mato Grosso na novela das 21 da Rede Globo, Puccinelli disse que o erro foi na criação do Estado, quando deveriam ter sido definidos acrescidos Norte e Sul para cada um.

“Agora a população pode opinar, pode sugerir nomes”.



Gente, esta é uma luta inglória, a esta altura mudar o nome não vai resolver o problema. Isso é igual a nome composto: Jose Eduardo, vai ser chamado de "ZÉ" e acabou. No caso do Rio Grande do Sul, ninguem vai pronunciar o nome todo, simplesmente vai dizer: Vou pro "Rio Grande". O que vai diferenciar o nosso Estado, vai ser bôas estradas, segurança nas rodovias, cidade limpa, segurança e educação que realmente atenda o cidadão. Enfim é mais ação politica com honestidade e seriedade, que o mundo todo vai saber diferenciar o "ZÈ", do "MANÉ".
 
valter antunes em 03/02/2011 10:52:30
Agora sim ficou ótimo!!
Além de proibirem sediar eventos na capital, querem mudar o nome do estado tudo por conta de um erro em uma novela!
Fassão mil favores habitantes sul mato grossense !!
Não vamos nos rebaixar ao ponto de querer mudar o nome do estado tão privilegiado como o nosso!
até entendo o lado de vocês, realmente é um absurdo uma rede nacional de televisão como a globo dar furos.
Ao invés de ficarem perdendo tempo vendo novelas, vão ler um bom livro, assistir um jornal, e parem de ficar perdendo tempo assistindo novelas que são sempre as mesmas historias, a diferença é que muda de nome e o nome dos personagens!
Tanta coisa pior por ai acontecendo e vocês revoltados por conta de uma gafi da rede globo!
 
Kelly Corrêa em 03/02/2011 08:41:18
Cheguei ontem de Florianopolis, niguem fala ms, so mt, tá na hora de ter identidade
 
adenir augusto em 01/02/2011 12:19:23
Errar o nome do estado, quanta gente faz isso? Milhares, e não muda nada, até nomes de cidades as pessoas erram.
Por que não fazemos um plebicito sobre o crime organizado que está crescendo em nosso estado? Por que não debater a forma de combater toda e qualquer violação dos direitos das pessoas? Foi só uma novela, mas passa para o paíz inteiro ver e até exterior, e dai? Foi só uma novela, tem gente morrendo sem atendimento médico, sem infra-instrutura básica, sem remédios, sem comida, vamos pensar nisso e vamos parar de perder tempo como balela.
Agora quanto ao beneficio a governadores, bom, ai sem comentários. Os caras não ganham nada, trabalham de graça o mandato inteiro.
 
Associação de Moradores da Vila Maior em 01/02/2011 04:53:37
A minha sugestão é, que o ministério da educação inclua na grade escolar de geografia do ensino fundamental a secessão do estado. Isso é só mais uma das evidências de que a educação em nosso país é decadente, algumas crinças não sabem diferenciar RS de RN e suas capitais. O nome não deve ser mudado, o que deve mudar é a ementa escolar.
 
José Lucas em 28/01/2011 08:51:09
Sobre a rede globo errar o nome do estado, pode-se dizer que a ignorância também faz parte da democracia.
Sobre o recebimento de aposentadoria por ex governadores, pode-se dizer que a democracia, nesse caso é ignorante.
 
Áttila Gomes em 27/01/2011 08:40:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions