A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/10/2014 20:15

Reeleito, Mandetta pretende implantar carreira de estado para saúde

Kleber Clajus
Mandetta segue para segundo mandato, após ser reeleito neste domingo (Foto: Lúcio Bernardo Jr / Câmara dos Deputados)Mandetta segue para segundo mandato, após ser reeleito neste domingo (Foto: Lúcio Bernardo Jr / Câmara dos Deputados)

O médico ortopedista e ex-secretário de saúde de Campo Grande, Luiz Henrique Mandetta (DEM), foi reeleito neste domingo (5) para o segundo mandato na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). De acordo com o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral), o parlamentar obteve nas urnas 57.374 (4,49%) dos votos válidos.

“Vou dar continuidade as políticas sociais que mantiveram a força do nosso primeiro mandato com propostas no sentido de combater as drogas e implantar um sistema de saúde com carreira de estado que inclua todos os profissionais de saúde, interiorizando o atendimento para que não precisemos de programas improvisados. Temos ainda a questão fundiária que é pacificar o conflito e tratar da reforma política e tributária que dependem de decisão do futuro presidente”, destaca Mandetta. 

Nascido em Campo Grande, Luiz Henrique Mandetta, 50 anos, é casado com a médica Terezinha Mandetta e possui três filhos: Marina, Pedro Henrique e Paulo Henrique.

A carreira profissional teve início no Hospital Geral do Exército, de onde seguiu para atuar na Santa Casa de Campo Grande integrando quadro clínico e de conselheiros. Já no Hospital Universitário da UFMS (Universidade Federal de Campo Grande) atuou como médico adjunto e professor de pós-graduação, além de ter assumido a presidência da Unimed (2001-2004) e posteriormente vaga de conselheiro, por quatro anos, no CRM-MS (Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul).

Na política ingressou em 2005, durante a gestão do ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB), para comandar a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). Foi presidente da Junta Interventora da Santa Casa, com o objetivo de evitar o fechamento do hospital, assim como estruturou sistema de combate a dengue em 2007. Em sua gestão, também foi criado o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e a implantação do Centro de Referência da Saúde do Homem.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions