A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

26/03/2015 10:54

Reinaldo anuncia instalação da 1ª Governadoria Regional, em Dourados

Ângela Kempfer e Leonardo Rocha

Na próxima semana, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) deve publicar os nomes dos responsáveis pela 1ª Governadoria Regional, projeto que pretende descentralizar as ações do governo estadual, levando estrutura administrativa para o interior de Mato Grosso do Sul.

A primeira região a receber uma governadoria especial é a da Grande Dourados, já que o município é o segundo maior do Estado.

Segundo o governador, é uma “forma de desenvolver as regiões mais pobres do Estado”, além de resolver problemas específicos de cada local.

A proposta foi apresentada já durante a reforma administrativa, antes de Reinaldo assumir o cargo, quando diminuiu de 15 para 13 o número de secretarias.

Sobre os indicados para assumir a governadoria da grande Dourados, o governador afirma que “será conduzida por pessoas da própria região”.



Sem contar que a Cidade de Dourados já teve uma Vice Governadoria, Jorge Takamoto se não me engano era Vice Governador na época.
E não deu certo, concordo plenamente, servirá tão somente para gerar mais gastos e apadrinhamento Político.
Como o velho e bom ditado; Vice não manda nada, é apenas uma figura ilustrativa.
 
Verissimo em 26/03/2015 16:17:48
É lamentável essa atitude do governador. Precisamos de enxugar a máquina administrativa e cortar gastos. Fiquei orgulhoso quando ele reduziu o número de secretarias.
Creio que a decisão de criar Governadoria Regional é de extremo mau gosto, pois, vai onerar os cofres públicos e servirá apenas para abrigar apadrinhados, geralmente incompetentes, sem contar que a cidade que abrigará a governadoria fica próxima à capital. Aliás, em MS, por questões geográficas (a capital está localizada no centro do estado) não há necessidade alguma de invocar a desculpa de descentralizar pra levar a administração a todos os cantos. Se alguém não consegue administrar um canto do estado com pouco mais de 400 km de distância, que peça demissão e deixe alguém competente governar. É o que penso.
 
juvenalcoelho em 26/03/2015 12:32:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions