A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/08/2014 20:04

Reinaldo Azambuja quer implantar Rota Bioceânica para garantir competitividade

Ludyney Moura
Reinaldo Azambuja foi um dos debatedores da audiência pública que discutiu a Rota Biocânica (Foto: Divulgação/Alexandre Loyola/PSDB)Reinaldo Azambuja foi um dos debatedores da audiência pública que discutiu a Rota Biocânica (Foto: Divulgação/Alexandre Loyola/PSDB)

O candidato do PSDB ao governo do Estado, o deputado federal Reinaldo Azambuja, quer implantar definitivamente a chamada Rota Bioceânica, que ligaria Mato Grosso do Sul ao mercado consumidor asiático pelo Oceano Pacífico. Na avaliação do tucano, isso aumentaria a competitividade das exportações regionais, e encurtaria em 8 mil km nossa distância à Ásia.

“O estudo Centro-Oeste Competitivo mostra que nós viramos as costas para o Pacífico. Hoje, 55% das exportações de Mato Grosso do Sul vão para os países asiáticos e nós estamos saindo via Paranaguá [PR] e Santos [portos do Atlântico]. Isso é um contrassenso, tem encarecido enormemente a produção e tirado a competitividade do setor produtivo do Estado”, defende Reinaldo Azambuja.

O candidato debateu a ideia durante uma audiência pública realizada recentemente no Senado Federal. Na avaliação do tucano, a Rota Bioceânica é fundamental para aumentar a competitividade não só dos produtos sul-mato-grossenses, mas de todo o país, uma vez que abriria uma alternativa de escoamento da produção pelos portos de Arica e Iquique, no Chile, e de Matarani e Ilo, no Peru, passando pela Bolívia.

Reinaldo Azambuja apresentou ainda, durante a audiência, dados que apontam que a navegação até o continente asiático, partindo da América do Sul, via oceano pacífico reduzem drasticamente a distância entre partida e destino. O que, segundo o candidato, estimularia a economia local e geraria emprego e renda, além de também baratear os custos.

A implantação da Rota Bioceânica virou tema de debate internacional no Senado Federal, em Brasília, na semana passada. Proposta pelo senador Ruben Figueiró (PSDB-MS), com participação de Reinaldo Azambuja, a audiência pública contou com a presença do prefeito da cidade chilena de Iquique, Jorge Soria Quiroga, do prefeito de Porto Murtinho, Heitor dos Santos e do representante do Ministério das Relações Exteriores, João Carlos de Castro.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions