A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

15/01/2015 09:52

Reinaldo diz que Funtrab mudará de endereço e oferecerá mais qualificação

Kleber Clajus e Juliene Katayama
Governador visitou Fundação do Trabalho e destacou necessidade de troca de prédio para fugir do aluguel (Foto: Marcos Ermínio)Governador visitou Fundação do Trabalho e destacou necessidade de troca de prédio para fugir do aluguel (Foto: Marcos Ermínio)

Mudança de prédio e mais cursos de qualificação devem ser prioridades da Funtrab (Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul), durante a gestão do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Em visita a fundação, hoje (15), o tucano ainda ressaltou necessidade de agilizar a emissão de carteiras de trabalho e regularizar horário de trabalho dos servidores.

A troca do imóvel na Rua 14 Julho deve ocorrer não apenas pela ausência de acessibilidade e queixa de servidores que “chove mais dentro do que fora”, mas para cumprir meta do governo de reduzir gastos de R$ 8 milhões com aluguéis para abrigar serviços públicos.

“Precisamos também qualificar os trabalhadores, porque há incentivos, as empresas vem e não tem mão de obra qualificada. Há, por exemplo, uma empresa que pretende investir R$ 10 bilhões”, disse Reinaldo, que pretende modernizar o sistema utilizado pela Funtrab para reduzir de 30 dias para 24 horas a emissão de carteiras de trabalho.

Questionado por servidores sobre corte de gastos e estrutura funcional da fundação, o governador assegurou que sua meta consiste em reduzir comissionados, comprar insumos de forma a atender mais de uma secretaria para barganhar preços mais baixos, além de valorizar a meritocracia no serviço público. “Quem tem rendimento melhor no serviço, tem que ganhar melhor”, resumiu.

Em relação aos servidores, Reinaldo ainda prevê investimento em qualificação interna e ajustes na carga horária, uma vez que esta diverge entre 6 e 8 horas diárias.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions