A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/04/2016 16:23

Reinaldo reitera abono, mas diz que mantém diálogo com servidores

Thiago de Souza e Michel Faustino
Reinaldo em ato de entrega de balanço financeiro do Governo do Estado. (Foto: Divulgação/Segov)Reinaldo em ato de entrega de balanço financeiro do Governo do Estado. (Foto: Divulgação/Segov)

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), reiterou, na tarde desta segunda-feira (4), a proposta de abono de R$ 200 aos servidores estaduais e disse que o valor representa a realidade das contas governamentais no momento. A declaração foi dada em evento em que o chefe do Executivo estadual foi ao TCE (Tribunal de Contas do Estado) entregar o balanço financeiro do Estado referente a 2015.

Azambuja disse que, por enquanto, será este o valor que será oferecido aos servidores. Mas, pontuou dizendo que o diálogo com os funcionários públicos está aberto.

Questionado sobre a possibilidade de algumas categorias entrarem em greve, Reinaldo acredita que os servidores terão tranquilidade para não adotar a medida extrema. “A greve é um direito do trabalhador, mas eles têm de ter ciência de suas responsabilidades enquanto servidores”, explicou.

No dia 31 de março, o Governo do Estado anunciou abono de R$ 200,00 para 39.587 mil servidores públicos.

Entre as categorias que discordaram do abono oferecido está a dos professores estaduais. Segundo o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Roberto Botareli, embora o valor de R$ 200 represente entre 14% e 20% o salário dos educadores, o valor não é incorporado ao salário e por isso não impacta em direitos como aposentadoria, por exemplo.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


Olá queridos!
Os grandes problemas que enfrentamos, tanto em nossa vida pessoal como empresarial, está associado à falta de comunicação. Esta pode ser uma grande meta para 2016: Dialogar!! É um grande desafio que envolve determinação e coragem.
Viviane Mansi é uma referência da área e nos concedeu gentilmente uma entrevista esclarecendo pontos relevantes sobre o tema.
Não percam novo post no blog Café&Finanças
http://cafeefinancas.blogspot.com.br
bjocas carinhosas
 
Janaina Macedo calvo em 05/04/2016 14:37:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions