ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 28º

Política

Sebrae quer apoio de candidatos para incentivo às pequenas empresas de MS

Intenção é discutir na eleição temas como geração de empregos e redução de burocracia

Por Leonardo Rocha | 25/09/2020 13:29
Presidente do Conselho do Sebrae-MS, Sérgio Longen, durante evento (Foto: Divulgação - Sebrae)
Presidente do Conselho do Sebrae-MS, Sérgio Longen, durante evento (Foto: Divulgação - Sebrae)

O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) lançou nesta manhã (25), um guia com 10 dicas aos candidatos a prefeito e vereador, para que eles possam apoiar as pequenas empresas do Estado, com fomento ao empreendedorismo e geração de empregos.

O evento teve a presença de autoridades e representantes do setor empresarial. O presidente do Conselho do Sebrae-MS, Sérgio Longen, citou a importância dos candidatos incluírem em seus planos de governo, o apoio a “liberdade econômica”, e inserir em suas propostas o cuidados com as pequenas empresas.

No guia com as “10 dicas” aos candidatos aparecem as propostas para geração de empregos, mobilização de “lideranças” que promovam o desenvolvimento local, assim como reduzir a burocracia na atividade pública, em relação a alvarás e licenciamentos.

Ainda foi citado o apoio ao empreendedor, com capacitação técnica e cursos de qualificação e o pedido aos gestores, que façam suas compras em pequenas empresas locais e regionais, adquirindo alimentos por meio da agricultura familiar.

Superintendente do Sebrae-MS, Cláudio Mendonça, durante apresentação (Foto: Divulgação - Sebrae)
Superintendente do Sebrae-MS, Cláudio Mendonça, durante apresentação (Foto: Divulgação - Sebrae)

Medidas - A entidade quer que o “empreendedorismo” seja ensinado nas escolas, assim como qualificar os empreendedores “autônomos”.

No documento também aparece a promoção de rotas turísticas, incentivo a criação de cooperativas de produtores e inovações digitais, como “startups”, serviços on line e internet de qualidade nas escolas e prédios públicos.

“É uma eleição diferente, mas esperamos que os candidatos insiram nossas propostas nos municípios, até para gerar mais empregos e movimentar a economia local”, descreveu Longen.

O secretário estadual de Governo, Eduardo Riedel, citou que neste ano de "incerteza" devido os impactos da pandemia, é importante construir uma "agenda central" para fomentar a economia e assim desenvolver os municípios do Estado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário