A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018

07/10/2018 16:15

Seções têm filas em Dourados e eleitor confuso com tantos votos

Na reserva indígena de Dourados também há grandes filas de eleitores para votar neste domingo

Helio de Freitas, de Dourados
Seções têm filas em Dourados e eleitor confuso com tantos votos
Índios fazem fila para votar na Escola Tengatuí Marangatú, na reserva de Dourados (Foto: Adalberto Domingos)Índios fazem fila para votar na Escola Tengatuí Marangatú, na reserva de Dourados (Foto: Adalberto Domingos)

Boa parte das seções de votação teve grandes filas neste domingo em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Quem votou em escolas da periferia e até da área central teve de esperar até uma hora na fila.

O ex-prefeito de Dourados Murilo Zauith (DEM) e candidato a vice na chapa do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), ficou meia hora na fila, na Escola Elite Total, na Vila Tonani.

O candidato a vice do juiz Odilon de Oliveira (PDT), o bispo Marcos Vitor (PRB), também enfrentou fila para votar na Escola Estadual Antônia da Silveira Capilé, no Jardim Água Boa.

Alguns eleitores tiveram dificuldade com tantos votos para registrar na urna eletrônica. Foi o que ocorreu na seção 405 na Escola Municipal Maria da Conceição Angélica, no Jardim Guaicurus.

Um eleitor votou apenas nos três primeiros candidatos – deputado federal, deputado estadual e dois senadores – e deixou a cabine de votação sem concluir voto. “Não quero votar nos outros”, afirmou.

Os mesários orientaram o eleitor que ele precisava concluir o voto, votando em algum candidato ou em branco. Ele voltou para a cabine e depois de 30 segundos conseguiu concluir o voto.

Aldeias – Na Reserva Indígena de Dourados, local conhecido por longas filas, muitos eleitores se concentraram desde cedo nos locais de votação.

Apesar da espera, a maioria não teve dificuldade para votar. Muitos levaram a “colinha” com os números dos candidatos. “Não foi difícil não. Trouxe minha cola e aí ficou mais fácil”, disse ao site Dourados News Olindo Martins da Silva, 32, morador na aldeia Bororó.

Outros eleitores, no entanto, precisaram da ajuda dos funcionários da Justiça Eleitoral para exercer o voto, principalmente por causa do segundo voto para senador.

Sélcia Savala passou mal devido ao calor. Ela também ficou nervosa por esquecer os números dos candidatos. “Sumiu tudo da cabeça”, disse ela ao site douradense.

Fila para votar na Escola Elite Total, em Dourados (Foto: Helio de Freitas)Fila para votar na Escola Elite Total, em Dourados (Foto: Helio de Freitas)
Seções têm filas em Dourados e eleitor confuso com tantos votos


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions