A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

01/09/2010 09:05

Secretário de Governo, Passaia denunciou esquema à PF

Redação

O secretário de Governo de Dourados, Eleandro Passaia, denunciou à Polícia Federal o esquema de fraude que deflagrou a operação Uragano.

Ela resultou na prisão do prefeito Ari Artuzi (PDT), da primeira-dama Maria Freitas Artuzi, de 8 vereadores e 5 secretários municipais, além de empresários e prestadores de serviço.

De acordo com relato feito ao radialista Antônio Coca, da rádio Grande FM, o secretário de Governo decidiu procurar a Polícia Federal e denunciar esquema de corrupção, recebimento e pagamento de propina. Ele estava inconformado com determinações feitas pelo prefeito.

Passaia era um dos homens de confiança de Artuzi e já foi também secretário de Comunicação.

Com o consentimento do secretário, seu telefone celular foi grampeado e ele começou a agir, gravando entrega de propina para vereadores. Os vídeos estão em poder da Polícia Federal.

Ele confidenciou também ao jornalista Antônio Coca que procurou a Polícia Federal depois de um fato que, para ele, foi a "gota d'água". A esposa do prefeito, Maria Artuzi, teria feito uma cirurgia plástica para colocação de próteses de silicone com verbas desviadas da saúde.

No mesmo dia, uma criança perdeu a visão por falta de suprimentos.

Depois de entrar em contato com a Polícia Federal, foi montado um esquema de filmagem na prefeitura, onde vereadores, secretários e outros agentes públicos recebiam propina.

Passaia está neste momento na casa de amigos, e contou ao jornalista Coca que está assustado, mas não com medo. Ele pediu demissão hoje do cargo.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions