A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/01/2015 18:47

Secretário diz que André cancelou R$ 14 milhões de recursos para setor da saúde

Alan Diógenes e Leonardo Rocha
Nelson Tavares disse que mutirões da saúde devem começar daqui 2 meses. (Foto: Marcelo Calazans)Nelson Tavares disse que mutirões da saúde devem começar daqui 2 meses. (Foto: Marcelo Calazans)

Durante reunião com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), na tarde desta sexta-feira (2), o secretário de Saúde Nelson Tavares disse que foi informado hoje de que o ex-governador André Puccinelli (PMDB) cancelou, antes de deixar o cargo, R$ 14 milhões de recursos empenhados para contratos da SES (Secretaria Estadual de Saúde). Agora ele pretende fazer um levantamento sobre as finanças para saber como a situação será resolvida. 

O secretário também falou que neste primeiro dia de trabalho ele promoveu várias reuniões dentro da SES para programas os mutirões que serão realizados no setor da saúde. "É preciso fazer licitações para ampliar a quantidade de serviços na saúde para poder realizar mutirões em diversas áreas da setor", explicou.

Conforme Nelson, antes mesmo dele assumir a pasta, ele já tinha planejado há três meses, como ficariam os trabalhos dentro da secretaria. "A saúde era uma das principais propostas da campanha de Reinaldo, então eu já esperava que precisaríamos desenvolver o setor", comentou. Ele acredita que os mutirões da saúde devem ter início daqui dois meses. 

Esta foi a primeira reunião do novo governador com o seu secretariado. O objetivo do encontrou foi fazer uma avaliação das pastas, além do planejamento de alguns projetos e ações que devem começar a partir da semana que vem. O evento aconteceu na Governadoria, localizada no Parque dos Poderes, na Capital.

 

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions