ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 21º

Política

Sem barba após 43 anos, Lula diz que sonha em voltar ao velho visual

Vinícius Squinelo e Lidiane Kober | 13/11/2013 20:07
Ex-presidente se emociona ao lembrar da luta contra o câncer (foto: Marcos Ermínio)
Ex-presidente se emociona ao lembrar da luta contra o câncer (foto: Marcos Ermínio)

Após forte tratamento por quimioterapia, na luta contra o câncer de laringe detectado em 2011, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está sem barba após 43 anos. O que parece simples aos olhos de outros, é alvo de motivação de Lula, que quer inclusive “retomar” o Governo de Mato Grosso do Sul.

Em palestra emocionada para cerca de mil militantes petistas no Ondara Buffet, o ex-sindicalista falou sobre as dificuldades no combate ao câncer e deu uma lição de vida aos ouvintes.

“Estou sem barba, não porque eu quero, to sem por causa da quimioterapia muito forte, e a barba ainda está falha”, comentou, emocionando a plateia. “Tenho esperança de que a hora que o câncer foi embora a barba volte, ela fez parte de mim por 43 anos, e as vezes não me reconheço no espelho, mesmo com a Marisa falando que estou mais bonito assim, eu meio que acredito e meio que desconfio”, brincou.

Poucos meses após vencer o câncer, Lula disse aos petistas de Mato Grosso do Sul que ninguém pode parar de litar. “A gente tem que acreditar nos sonhos, mesmo que seja difícil, parecendo impossível, a gente tem que lutar”, discursou.
Lula governou o Brasil por oito anos, e ainda elegeu Dilma Rousseff (PT) como sucessora, mas fez questão de lembrar no passado difícil.

“Fiquei desempregado 1 ano e meio, mas aprendi com a minha mãe a lutar, ela que foi traída pelo marido, e começou do zero com oito filhos, e nunca ouvi ela reclamar”, disse, emocionado.

Visita de Lula reuniu cerca de mil petistas em Campo Grande (foto: Marcos Ermínio)
Visita de Lula reuniu cerca de mil petistas em Campo Grande (foto: Marcos Ermínio)

Governo de MS – Falando diretamente para a militância petista, Lula disse que também em Mato Grosso do Sul o PT não pode parar de lutar.

“Tivemos o Zeca, que de simples bancário desafiou a oligarquia do Estado, e foi o melhor governador de Mato Grosso do Sul”, bradou, arrancando aplausos da plateia.

Lula ainda disse que acredita que o PT vai retomar o governo de MS, e pediu que o senador e pré-candidato petista, Delcídio do Amaral, fique mais na rua e menos na cadeira.

“To com 68 anos e vontade de moleque de 20, de voltar a andar por este País, como fiz minha vida inteira pelo PT”, afirmou Lula. “Quem pensava que o Lula estava fora da política, tenho a dizer que eu voltei”, bradou.

Lula reconheceu os erros do PT, mas garantiu que “luta todo o dia para corrigir o que o PT faz de errado”.

Nos siga no Google Notícias