A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

26/10/2010 12:00

Senador Romeu Tuma morre de hemorragia após cirurgia

Redação

O senador Romeu Tuma (PTB-SP) faleceu há pouco, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, decorrente de uma hemorragia. O corpo será velado na Assembléia Legislativa de São Paulo, conforme informações da assessoria do parlamentar.

O senador foi submetido, no último dia 2, a uma cirurgia cardíaca, para colocação de um dispositivo de assistência ventricular que auxilia o coração, chamado Berlin Heart. Desde então, seguia internado.

Tuma tinha 79 anos, era casado com Zilda Dirane, deixa quatro filhos e nove netos. Descendente de imigrantes libaneses, ingressou na carreira policial aos 20 anos de idade, dedicando-se posteriormente a esclarecer casos de seqüestros.

Depois de ocupar vários cargos de chefia na polícia Federal, venceu a disputa para o Senado, que assumiu em 1995, com mais de 5,5 milhões de votos.

Em 2002, reelegeu-se pelo PTB, com 7.278.185 votos, para o mandato até com fim em 2011. Em 2003, foi eleito 1° secretário da Mesa Diretora do Senado, o quarto cargo em importância na hierarquia parlamentar.

No Senado, foi Corregedor - cargo até hoje somente exercido por ele - e focou sua atuação em questões ligadas à segurança pública.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions