A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/02/2013 18:49

Sobre o 15º, Mandetta diz que primo Fábio Trad e Moka foram demagogos

Josemil Rocha
Sobre o 15º, Mandetta diz que primo Fábio Trad e Moka foram demagogos

O deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) considera que seu colega Fábio Trad, que também é seu primo, e o senador Waldemir Moka, ambos do PMDB, fizeram demagogia ao abrir mão do 14º e 15º salários, o primeiro pago em dezembro e o segundo a ser quitado neste mês de fevereiro. “Vejo como demagogia do Fabio e do Moka”, disse Mandetta esta tarde, ao ser indagado sobre a posição dos dois colegas parlamentares de não receber os benefícios, que totalizam R$ 53 mil.

Para Mandetta, há muita hipocrisia em torno do tema. Entende, inclusive, que os senadores fizeram “jogo de cena” ao aprovar o fim do 13º e 14º salários, medida que só tem validade se também for aprovada pela Câmara Federal. “O Senado fez votação política para jogar para a Câmara a responsabilidade”, afirmou ele.

O parlamentar sul-mato-grossense até considera que os benefícios são excessivos, mas considera que o tema tem de ser tratado de forma ampla, englobando todos os poderes da República. “Tem de ver tanto a remuneração dos deputados quanto do presidente da República, dos ministros do Supremo, dos membros do Ministério Público Federal. Todos são funcionários públicos e as regras tem que ser iguais para todos”, frisou Mandetta.

Luiz Henrique criticou a imprensa por ficar muito focada no Legislativo e deixar de lado mazelas salariais que ocorrem nos outros poderes, nos Estados e nos municípios. “ No Judiciário tem caixa preta muito grande. Deveria passar a régua e ver tudo isso e não por a Câmara como culpada dessas mazelas. Tem de ver inclusive os benefícios dos vereadores, deputados estaduais, governadores”, defendeu.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...


a pessoa que critica deve saber amplamente sobre o assunto no todo,nao criticar simplesmente ok eleitores.
 
marcus vinnicius em 05/02/2013 10:37:39
Hipocresia deputado, e o senhor ter a coragem de receber esse dinheiro e ir contra seu colegas parlamentares. Vergonhoso sua atitude
 
jair oliveira em 04/02/2013 21:11:31
Esse Mandetta é bem cara de pau!! para não dizer adjetivos pesado para ele aqui, que não vão ser postados.Ele tinha no minimo, que ter vergonha na cara de falar uma coisa dessa. Que faça demagogia ele tambem e devolva esse dinheiro. Como pode esse politico achar que uma patifaria dessa esta certa? Só no Brasil mesmo.
 
Roberto nunes em 04/02/2013 21:08:21
Virão pedir votos na proxima, que corja.
 
Mário Sergio em 04/02/2013 20:05:44
PARABÉNS DEP; MANDETTA PELA SUA POSTURA E CONDUTA EM DIZER AVERDADE PARABÉNS:
 
dejalma goulart em 04/02/2013 20:05:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions