A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

11/03/2008 16:40

Tetila sinaliza para acordo com governo sobre saúde

Redação

Ao que tudo indica a semana será de acordo entre governo estadual e a prefeitura de Dourados no caso sobre repasses para o sistema de saúde do município. Na tarde de hoje o prefeito Laerte Tetila esteve reunido com deputados estaduais e com membros do governo e sinalizou para uma negociação amistosa, tom bem diferente do assumido nos últimos dias quando até a possibilidade de CPI foi levantada para investigar os motivos da crise no setor em Dourados.

Pela manhã o governador André Puccinelli já havia procurado a Assembléia para solicitar apoio na intermediação de um acordo com Dourados, que cobra uma dívida de R$ 12 milhões do Estado, referente a repasses atrasados. Puccinelli também tinha uma postura mais agressiva até hoje, chegou a acusar a administração municipal de incompetência.

Durante a conversa com o prefeito de Dourados, deputados da base do governo conseguiram que o município aceitasse reduzir o valor do débito e que o pagamento seja em parcelas. De R$ 12 milhões, o valor cairia para R$ 5 milhões, o equivalente a dívida que o Hospital Universitário de Dourados tem com fornecedores.

Diante da proposta de redução, a prefeitura impôs uma condição: quer que os repasses mensais ao HU aumentem de R$ 150 para R$ 400.

O líder do governo na Assembléia, deputado Youssif Domingos (PMDB), saiu da reunião direto para o gabinete do governador. Antes, disse que o a decisão final sobre o acordo deve ser confirmada por Puccinelli.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions