A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

03/09/2010 16:58

TJ decreta a prisão preventiva do prefeito Ari Artuzi

Redação

A pedido do delegado Bráulio Galloni, da Polícia Federal, foi decretada nesta tarde pelo desembargador Manoel Mendes Carli a prisão preventiva do prefeito de

Dourados, Ari Artuzi, que vale por tempo indeterminado.

Ele está preso desde quarta-feira, acusado de comandar um esquema de fraudes e de pagamento e recebimento de propina na cidade, investigado pela Operação Uragano.

O Ministério Público Estadual se manifestou favoravelmente à prisão preventiva de Artuzi. A manutenção dele na cadeia é considerada essencial para o prosseguimento das investigações de desvio de dinheiro público que, segundo a PF, é generalizado na administração douradense.

Artuzi está no 3º Distrito Policial de Campo Grande, para onde foi transferido na quarta-feira, após ser preso pela PF em Dourados.

O prefeito continua no cargo, mesmo na prisão. Hoje, ele até assinou a autorização para pagamento dos servidores, na cela da delegacia.

O MPE já pediu a nomeação de um juiz para assumiro cargo interinamente, uma vez que também foram presos o vice-prefeito, Carlinhos Cantor, e o presidente da Câmara de Vereadores, Sidlei Alves, que poderiam assumir o cargo. O TJ ainda não decidiu sobre isso.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions