A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/08/2013 21:00

Três parlamentares de MS integram lista dos “cabeças” em “ascensão” no Congresso

Edivaldo Bitencourt e Vinícius Squinelo
Fábio Trad se destaca também por participação na reforma do Código Penal (foto: Arquivo)Fábio Trad se destaca também por participação na reforma do Código Penal (foto: Arquivo)

Três parlamentares de Mato Grosso do Sul integram a 20ª edição da “Lista dos ‘Cabeças’ do Congresso Nacional e dos parlamentares em ‘ascensão’”, do Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar). Os deputados federais Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Fábio Trad (PMDB) e o senador Delcídio do Amaral (PT) compõe o seleto grupo dos 150 mais influentes do parlamento brasileiro.

De acordo com a entidade, entende-se por deputado ou senador em ascensão aquele que vem recebendo missões partidárias ou institucionais e se desincumbindo bem delas. Estão também nessa categoria os parlamentares que têm buscado abrir canais de interlocução, criando seus próprios espaços e se credenciando para o exercício de lideranças formais ou informais no âmbito do Parlamento.

Trad vem se destacando pela forte atuação parlamentar, em especial na Comissão de Reforma do Código Penal. O deputado também tem lutado contra as propostas que tentar retirar o poder de investigação. Ministério Público.

A emenda de lei que transforma em hediondo os crimes de corrupção ativa, passiva, peculato e concussão, tabém é de autoria do deputado federal Fábio Trad.

O outro deputado federal sul-mato-grossense na lista, Mandetta tem participação ativa principalmente na área da saúde.

Entre os 100 parlamentares que comandam o processo decisório no Congresso, 61 são deputados e 39 são senadores. Os dois partidos com maior número de parlamentares na elite são o PT, ao qual é filiada a presidente da República, e o PMDB, partido do vice-presidente da República e dos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.

O terceiro em número de parlamentares, PSDB, é também o terceiro em influência, à frente do PDT, que é o quarto entre os “Cabeças” e o nono na bancada federal.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions