A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

03/12/2009 07:29

Valter minimiza sua exclusão de chapa pura do PMDB

Redação

O senador Valter Pereira (PMDB) minimizou nesta manhã o fato de seu nome ter sido excluído das articulações para a formação de uma chapa pura, visando a disputa eleitoral do ano que vem.

"O velho político mineiro tem aquela teoria de que política é igual nuvem, muda toda hora de lugar. Existem regras eleitorais, ninguém entra em uma campanha sem cumprir o cronograma, não há como se desgarrar da regularidade do processo. Então o processo que se avizinha está seguindo o processo normal", opinou, referindo-se às prévias que estão programadas para definir entre seu nome e o do deputado Moka (PMDB).

Na prática, a base aliada do governador André Puccinelli (PMDB), formada por 20 deputados, está pressionando para indicar o candidato a vice na chapa majoritária. Eles também afirmam que o PMDB precisa definir logo sua situação quanto ao Senado, já que o PT já está com o time formado para o pleito que se avizinha.

O senador Valter Pereira acha estas articulações normais. "Esses sussurros que aparecem são normais, de modo que não há motivo para se estressar", minimizou.

Valter destacou ainda que não se impressiona com resultado de pesquisas. A declaração pode ter relação com os últimos comentários de bastidor, de que Moka estaria melhor que ele em sondagem a ser divulgada nos próximos dias.

"Não me impressiono com pesquisa, o saudoso Ramez Tebet virou senador porque o conjunto, o apelo eleitoral da chapa ajudou, mas ele começou com 10% na sondagem", declarou, durante entrevista ao programa Tribuna Livre, da FM Capital.

Valter garante que os números estão "extremamente generosos" com ele, o que o credencia para "continuar na batalha".

Ele anunciou ainda que fará uma movimentação política nesta sexta-feira no clube Libanês, em Campo Grande, a exemplo dos atos públicos que tem promovido pelo interior, em favor de sua candidatura.

Com o anúncio, Valter tenta se colocar em iguais condições a Moka, que já conta com o apoio de dezenas de prefeitos e já promoveu ato público concorrido em apoio ao seu projeto.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions