A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

06/02/2014 21:47

Vereadora questiona veto de R$ 3,5 milhões de Bernal para bolsa universitária

Kleber Clajus

A vereadora Rose Modesto (PDSB) criticou duramente, nesta quinta-feira (6), o veto do prefeito Alcides Bernal (PP) a uma emenda que destinava R$ 3,5 milhões para a bolsa universitária em Campo Grande. O desabafo, realizado na Câmara Municipal, foi em decorrência da “frustração” de ter negociado o recurso para proposta aprovada em lei, mas que ainda carece de regulamentação por parte do Executivo.

“A lei foi aprovada em 2012, com a presença de mais de dois mil universitários. Em 2013, não havia recurso para ser implementada e, por isso, negociamos com a SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social). O que me frustra é que é lei e não regulamenta. Se não cumprir vamos para a rua”, destaca Modesto, que também se utilizou de financiamento para concluir o ensino superior.

Em defesa do Executivo, Marcos Alex (PT) sugeriu que a tucana não se sinta frustrada e que os vetos ainda devem ser discutidos. Já Paulo Pedra (PDT) questionou o fato da Câmara, muitas vezes, querer “prefeitar” ao dar soluções que “fogem de sua competência”.

O presidente da Casa de Leis, Mario Cesar (PMDB), ressalta que o parlamento só tem agido ante a “incompetência do Executivo”. Ele também pontua que o recurso negado para executar 73 emendas propostas a LOA (Lei Orçamentária Anual) dá a entender que Bernal quer mesmo manter a operação tapa-buracos, ao invés de apoiar o interesse público com asfalto, moradias e a própria bolsa universitária.

Câmara vai homenagear 84 pessoas em sessão do aniversário de 118 anos
A Câmara Municipal de Campo Grande vai homenagear 84 pessoas em sessão solene na próxima quarta-feira (dia 23). Na ocasião, a partir das 19h, serão ...
Moreira Franco: MP das Rodovias dará segurança jurídica e resolverá problemas
O ministro da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco, afirmou que a MP das Rodovias vai garantir condições de investimento nas concessões at...
Puccineli quer candidato de consenso a presidência do PMDB em MS
Só se for sem disputa. É assim que o ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), quer disputar o comando da legenda no Estado, nas ...



Querido Manoel Belo a prioridade do nosso prefeito não é só com a educação de base e sim nela como um todo até por que os universitários também são cidadãos e merecem atenção e comprometimento do nosso governo, mas o nosso prefeito não esta se comprometendo e nem atendendo ambos os lado (ensino fundamental, universitário), pois até as escolas municipais estão em decadência, nosso "maravilhoso" prefeito muito "competente" só sabe reclama re dizer que sofre opressão dos nossos vereadores, mas trabalhar para melhorar a nossa cidade que é bom nada, o senhor deveria se informar mais e parar de pensar besteiras, a função do nosso prefeito não é só atender as crianças, mas sim as crianças,os jovens, os adultos e os idosos afinal ele é prefeito da cidade e não secretário da educação municipal.
 
Isabella Andrade em 07/02/2014 17:47:31
isso mesmo vamos reclamar e lutar por uma vida mas justa sem impostos abusivos
 
Carlos Hugo jaimes em 07/02/2014 09:47:36
A vereadora que também e professora deveria saber que a prioridade da rede municipal, é com a educação infantil e Ensino Fundamental, portanto, antes de cobrar bolsa universitária, exija do prefeito maior comprometimento na educação de base.
 
Manoel Belo em 07/02/2014 08:56:38
Vai... vai pra rua..... tá esperando o quê? Vai logo
 
Ricardo Piazza em 06/02/2014 21:56:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions